Ugandenses apóiam projeto que pune o homossexualismo

Projeto de lei contra os homossexuais, que tramita no parlamento de Campala (Uganda), prevê até pena de morte para o “homossexualismo agravado”, como a “violação” praticada por homossexuais e o “homossexualismo pedófilo”. Uma passeata de dezenas de milhares de pessoas em Jinja apoiou esse projeto de lei [foto]. Os participantes carregavam cartazes com os dizeres: “Não à sodomia, sim à família”; “Dizemos não aos homossexuais, o homossexualismo deve ser abolido”. Previsivelmente, alguns governos ocidentais e organizações que militam pelo que entendem como “direitos humanos” condenaram o projeto e ameaçaram impor sanções a Uganda, caso seja aprovado. No entanto a votação parlamentar segue a tramitação democrática, e os ugandenses parecem dispostos a defender corajosamente sua posição em prol da moral e da Lei natural.
_________________
Fonte: Agência Boa Imprensa
 

5 COMENTÁRIOS

  1. O caso não é que meu argumeto seja mesquinho, nem repudia os comentarios anteriores; o fato é que é tão óbvio que essa lei é ridícula que vocês, subalternos de uma religião, seja ela qual for, não se dão conta do que pode acontecer. Achamos que um novo Holocausto está prestes a acontecer. Se eu fosse dono do mundo reuniria todos vocês e perguntaria “Não podemos ser felizes”. Acho, ao meu ver que a crítica ao meu comentário é simplesmente ilusória e que você deveria rever o conceito do homossexual! Agradecemos!

    @Teodoro Alves

     
  2. No seu protesto não há argumentos só xingatório “podre, “mesquinho”, “reprimido” nossos argumentos são baseados na lei natural e sobretudo nas Leis de Deus. Se é verdade que também um homossexual reprimido foi quem assinou a lei isto só prova que entre os homossexuais impera o ódio.@Blog do Uenes

     
  3. Horrível. No mundo em que vivemos ainda nos deparar com um preconceito mesquinho desses. Coloquei essa mesma matéria para quem lá acessar ver como o povo humano é “podre” a ponto de aprovar um decreto obscuro desse. Corre o risco de todo o país sofrer uma desertificação, devido os homossexuais daquele país. Quem sabe lá quantos são…
    Acho que quem assinou essa coisa horrível também é um gay reprimido.
    Essa é minha opinião.

     
  4. Nao está na notícia, nem dá para ler bem — pelo menos na minha tela — o cartaz que o valente ugandense está levando na passeada contra a gayzada, mas parece ser com os seguintes dizeres:

    “Homosexuality is as Ugly as the Devil is Wicked”.

    Como meu inglês é péssimo, pergunto se algum amigo poderia fazer uma traduçao oficial. Creio que deve ser algo mais ou menos assim:

    “A homossexualidade é tão feia quanto o diabo é horrível”.

    Se alguém puder, favor colocar aqui a melhor traduçao, pois achei ÓTIMA ESTA FRASE!

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome