Via internet, atentado à moral e aos bons costumes

3

Exposição nudista com as próprias fotos: péssima e perigosa tendência imoral entre jovens alemães

Internet-22Um estudo da Universidade de Merseburg (Alemanha) mostra que cinco moças e nove rapazes, entre 16 e 18 anos, já se fotografaram despidos. O jornal “Saarbrücken Zeitung” publica em artigo que seis por cento desses jovens expõem suas fotos na internet.

Trata-se de um fenômeno novo. Fotos em posições lascivas são enviadas por meio de telefones celulares antes de encontros amorosos. Elas valem como declaração de amor.

Além de ofender gravemente a Deus, esse costume representa um perigo não pequeno para o próprio infrator, cujas fotos podem ser enviadas indiscriminadamente às redes sociais, servindo assim até como instrumento de vingança entre namorados após o rompimento.

Outro grande perigo desse atentado à moral e aos bons costumes está no fato de que, uma vez enviadas a mais de uma pessoa, tais fotos ficam no circuito internet. Quem as apagará?

Essas fotografias podem também ser impressas em papel e utilizadas para intimidar. Chantagistas poderão assim obter vantagens: “Ou paga ou eu as publicarei”. Uma vez divulgadas, as pessoas fotografadas não terão mais controle sobre suas próprias fotos.

Os jovens não estão se dando conta desse perigo; e as moças são as que mais sofrem com a circulação de suas fotos.

A divulgação de fotos pornográficas pela internet, feita por adultos ou menores de 16 anos, é punida por lei na Alemanha. A punição diz respeito até mesmo às próprias fotos. [Fonte: “Kultur und Medien”, setembro/2014]

 
COMPARTILHAR
Artigo anteriorCuba: o núncio e a “manchete”
Próximo artigoLevantai os olhos e vede os campos
Agência Boa Imprensa
A Agência Boa Imprensa — orientada pelo ideal evocado pela cruz de seu logotipo — envia seus boletins noticiosos a jornais de norte a sul do Brasil e do exterior desde 1953. Com um jornalismo diferente, a ABIM procura apontar aquilo que muitas vezes é ocultado ou interpretado tendenciosamente.Além de análises e apreciações, nosso noticiário pretende despertar apetências do Brasil profundo, ou seja, daquele setor de nosso público que pauta sua vida nas expressões culturais da tradição cristã e procura repouso em meio às agitações modernas.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome