Parte I: Gal. Villas Bôas e a Amazônia

Gal. Villas Bôas explica os paradoxos da Amazônia: Sua riqueza mineral e vegetal de um lado e a pobreza das populações que vivem na área rural e nas reservas indígenas. Mostra porque há ONGs internacionais trabalhando intensamente a Amazônia, os interesses internacionais de países que depredaram o seu patrimônio florestal e agora querem internacionalizar a Amazônia.

Parte II – Perguntas sobre o tema e agradecimentos finais

Gal. Villas Bôas responde perguntas e o Príncipe D. Bertrand de Orleans e Bragança agradece ao General em nome do Instituto Plinio Corrêa de Oliveira.

 
COMPARTILHAR
Artigo anteriorMais martírios de católicos na Síria
Próximo artigoMilagre de Nossa Senhora da Escada nas origens de Barueri
Instituto Plinio Corrêa de Oliveira
O Instituto Plinio Corrêa de Oliveira é uma associação de direito privado, pessoa jurídica de fins não econômicos, nos termos do novo Código Civil. O IPCO foi fundado em 8 de dezembro de 2006 por um grupo de discípulos do saudoso líder católico brasileiro, por iniciativa do Eng° Adolpho Lindenberg, seu primo-irmão e um de seus primeiros seguidores, o qual assumiu a presidência da entidade.

9 COMENTÁRIOS

  1. Fantástica palestra. Para mim, que estudo numa faculdade pública de Geografia e só ouço esquerdista despejando “dogmas” indigenistas e ambientalistas, é até um alívio ouvir um patriota brasileiro, grande conhecedor do país, como o Gal. Vilas Boas. Obrigado igualmente ao, também muito patriota, Instituto Plinio Corrêa de Oliveira.

     
  2. Porque essas informações não chegam ao grande público?
    A Marinha, Exército e a Aeronáutica tem muito à dizer e mostrar aos brasileiros que amam este país.
    Os brasileiros precisam ouvir os homens que realmente conhecem e estudam o brasil.

     
  3. Os vídeos não abriram embora tenha tentado diversas vezes. Solicito, se possível, postarem de novo para meu e-mail.
    Muito obrigado

     
  4. Excelente Aula e incentivo para conhecer e aprender a amar,defender e proteger o País, e politicamente correto e ser um Bom Brasileiro defendendo a Patria e aqueles estrangeiros que foram acolhidos no Brasil sentir que devem ser solidários por este fato, defendendo e acatando as Leis em sinal de respeito e agradecimento.

     
  5. .
    Gostei muito da Palestra . . . .
    Acho,inclusive, que muitas Informações passadas, pelo Ilustre
    General de Exército, Gal. Villas Bôas, deveriam, de
    alguma maneira, ir ao Conhecimento Público.
    É muito Importante lembrar que o Cidadão comum não sabe nada
    do que ocorre nessa Região. Inclusive, não sabe que Parte
    do BRASIL está desvinculado, na prática, sem contato
    Direto com seu próprio País.
    O Povo BRASILEIRO não sabe o tamanho da Riqueza
    que tem daria para trazer muita Prosperidade
    para Todos.
    Há, sem dúvidas, muito para se comentar, mas … o mais
    Importante é Levar ao conhecimento do Público todas
    as Informações contidas nessa, Belíssima,
    Apresentação.
    Agradeço ao Instituto e ao Palestrante … por Momentos
    de puro Conhecimento … sobre nosso
    Querido BRASIL . . . .

    Muito Obrigado.

    Um Grande Abraço.

    J.Firminio.

    .

     
  6. Gostei muito da palestra do Gen. Gostaria de saber da possibilidade de passar me o endereço do mesmo , pois sou governador eleito do Rotary International,para 2014/15, distrito 4630 ( NW) do Paraná e nos dias 23 e 24 de maio de 2015, estaremos realizando nossa conferência distrital com certamente mais de 1500 rotarianos e familiares. Seria de uma importância extrema se divulgássemos a realidade da Amazônia e também os rotarianos brasileiros pudessem divulga-la e tentarmos mudar as idéias que povoam as mentes “politicamente corretas” dos brasileiros, principalmente da mídia dominante. Parabéns e aguardo o retorno.
    Francisco Scarpari Neto Goioerê-Paraná.

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome