Zapatistas tornam-se muçulmanos para lutar melhor contra o capitalismo

Chiapas, mesquita camponesa, Molino de ArcosNo Estado de Chiapas, México, antigos seguidores da Teologia de Libertação e da revolução dos zapatistas estão aderindo ao maometanismo, noticiou Rádio Holanda.

Em San Cristóbal de las Casas, ouve-se o imame Salvador Lopez Lopez puxando o cântico do Corão. Improvisadas mesquitas aparecem em áreas rurais [foto].

Os neófitos alegam que o islamismo fornece a alternativa ao capitalismo que procuravam.

A transferência de pessoas e recursos entre o movimento comunista em decadência e o islamismo fundamentalista em ascensão sempre foi intensa.

O governo mexicano teme que entre os neófitos funcione uma extensão de Al-Qaeda.

A colaboração entre o fundamentalismo islâmico e os “socialismos do século XXI” é profunda e vai longe.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome