Destaques


1 – FRUTOS DE UM REVOLTOSO
2 – ANGUSTIANTE REALIDADE
3 – LENIN, FILHO DE ROBESPIERRE, NETO DE LUTERO
4 – O BRASIL ALIMENTA MAIS DE 1 BILHÃO DE PESSOAS NO MUNDO

 

Para alternar entre os tópicos, utilize os botões “Anterior” e “Próximo” abaixo:

1Frutos de um revoltoso

Segundo Wolfram Kinzig, presidente da Faculdade de Teologia da Universidade de Bonn, “existem 9 mil denominações de protestantismo”. “Na Finlândia, um país luterano, menos de 1% da população vai à igreja e apenas 20% dizem acreditar em Deus”, disse Veli-Matti Karkkainen, teólogo da Universidade de Helsinque. Na Alemanha de hoje, 60% dos alemães dizem seguir alguma crença. Na região de Wittenberg, onde Lutero deu seu brado de revolta contra Roma, essa taxa é de apenas 6%. Menos de 2% de seus 49 mil habitantes participam dos cultos. E na cidade natal do heresiarca, Eisleben, as três igrejas estão tão vazias, que uma delas deixou de fazer cultos e nas duas outras o número de frequentadores não passa de 30 pessoas aos domingos. É a menor taxa de participação em toda a Europa!
“Pelos frutos conhecereis a árvore”. Aí estão, em seu próprio berço, os frutos de um revoltoso.

2Angustiante realidade

Na opinião do jornal “O Globo”, os deputados que em 1988 elaboraram a atual Constituição brasileira se inspiraram no modelo hipertrofiado da Rússia soviética, em que tudo é centralizado no deus Estado, que dita todas as regras.

Este é o pano de fundo da falência fiscal brasileira, conclui “O Globo”. Ou seja, a Constituição de 1988 tornou a economia brasileira inviável. Está é, aliás, uma crítica que vem sendo feita também por outros veículos de comunicação.

É mais do que oportuno lembrar que, àquela época, Plinio Corrêa de Oliveira, no livro Projeto de Constituição angustia o País, alertou os Senhores Constituintes para o que se evidencia hoje: a Constituição que estava sendo redigida iria atrofiar o Brasil. A TFP divulgou por todo o País o alerta do Dr. Plinio, cujo livro alcançou a tiragem de 73 mil exemplares em três edições. Só na cidade de São Paulo, foram vendidos em um mês 30 mil exemplares.

3Lenin, filho de Robespierre, neto de Lutero

Em sua mensagem pelo transcurso dos 500 anos da pseudo-Reforma protestante, a chanceler alemão Angela Merkel – ela mesma filha de um pastor luterano – afirmou que, com suas teses, Lutero “desencadeou um processo que não podia mais ser interrompido”.

Em sua obra Revolução e Contra-Revolução, Plinio Corrêa de Oliveira sustenta que o movimento renascentista do século XV fermentou nas almas o orgulho e a sensualidade que resultou no brado de revolta de Lutero contra Roma em 1517. Foi a eclosão da primeira grande Revolução do Ocidente. A fermentação do protestantismo nas almas deu mais tarde na Revolução Francesa ― segunda Revolução ― que não é senão o espírito protestante transposto para a política. Se não, vejamos:

― Revolta contra o Rei, simétrica à revolta contra o Papa;

― Revolta da plebe contra os nobres, simétrica à revolta da “plebe” eclesiástica, isto é, dos fiéis, contra a “aristocracia” da Igreja, isto é, o Clero;

― Afirmação da soberania popular, simétrica ao governo de certas seitas, em medida maior ou menor, pelos fiéis.

O comunismo ― terceira Revolução ― é a transposição dos princípios da Revolução Francesa para o campo econômico. Aliás, Dr. Plinio mostra que já no protestantismo nasceram algumas seitas que, transpondo diretamente suas tendências religiosas para o campo político, prepararam o advento do espírito republicano. Outras, indo mais longe, adotaram princípios que, se não se chamarem comunistas em todo o sentido hodierno do termo, são pelo menos pré-comunistas.

Portanto, Lenin é filho de Robespierre e neto de Lutero. Já na época em que o comunismo dominava a Alemanha Oriental, Martinho Lutero era celebrado como uma espécie de pré-revolucionário comunista.

4O Brasil alimenta mais de 1 bilhão de pessoas no mundo

Pequenos produtores rurais da Chapada dos Veadeiros, em Goiás, resolveram recorrer à maior instância judicial do País – o Supremo Tribunal Federal – com o objetivo de derrubar o decreto presidencial que ampliou, em junho, a área do parque nacional da região, de 65 mil para 240 mil hectares. Pelo menos 240 produtores de pequeno e médio porte foram diretamente atingidos pela ampliação do parque.

O governo Temer vem falando em vender terras para os chineses, com intuitos desenvolvimentistas. Como é então que ele invade terras de produtores rurais, quadruplicando o tamanho de uma área para que fique improdutiva?

Hoje, no Brasil, são tantas as áreas delimitadas pelos sucessivos governos como sendo de preservação ambiental, ou como reservas indígenas – terras ociosas, portanto, ou seja lá o que for –, que só resta para a produção agrícola e pecuária menos de 30% do território nacional! E com esses 30% os ruralistas produzem o suficiente para alimentar mais de 1 bilhão de pessoas no mundo. É isso mesmo, 1 bilhão!

Agora vêm os ambientalistas e querem que se reduzam mais ainda esses 30%. E ressalte-se que são os produtores rurais os que mais preservam e protegem o ambiente rural.

 

1 COMENTÁRIO

  1. As arestas que criaram e as deformações propositais inseridas no que realmente deveria ser um estúdio serio sobre a lógica de DEUS, permearam o ingresso de verdadeiros subversivos e apostatas para alhanar o caminho à desgraça do ser humano. A soçobra espiritual está funcionando a todo vapor e comandada por transvestidos “sacerdotes, bispos e outras nunciaturas” a serviço do mal ou melhor dizendo a dominação satânica.
    Pé firme e Fé no que os nossos avos nos ensinaram sobre catecismo e nossa verdadeira religião Católica Apostólica Romana, essa Teologia verdadeira de ensinamentos simples porem sinceros construíram grandes famílias que ajudaram a construir e a amar a Nação. A liberdade se ganha com a verdade.

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here