Destaques


1 – FARC OCULTARAM 2.3 BILHÕES DE PESOS NAS DECLARAÇÕES
2 – MADURO INICIA PERSEGUIÇÃO RELIGIOSA NA VENEZUELA?
3 – REAÇÃO CONSERVADORA NO LEBLON CONTRA LIVRO DIDÁTICO PRÓ COMUNISTA
4 – RECRUDESCE A PERSEGUIÇÃO RELIGIOSA NA CHINA APÓS O “ACORDO PROVISÓRIO” COM O VATICANO

Para alternar entre os tópicos, utilize os botões “Anterior” e “Próximo” abaixo:

1FARC ocultaram 2.3 bilhões de pesos nas declarações

Chefe guerrilheiro das FARC, codinome de guerra Timochenko

Notícia proveniente da Colômbia, Elnodo.co, 19/10, informa que o Fiscal General de la Nación (equivalente ao Procurador Geral da República), Nestor Humberto Martinez, “declarou publicamente aos meios de comunicação, o valor do sequestro de ativos que o órgão encontrou junto aos narcotraficantes da FARC até o ano de 2017, e que não havia sido informado no inventario do grupo enviado ao ex-presidente Juan Manuel Santos.”

São 2.3 bilhões de pesos que foram ocultados nas declarações da FARC à Justiça.

* * *

É muita “ingenuidade” de Manuel Santos acreditar na sinceridade de guerrilheiros.

Como se sabe, faz parte do “acordo” que as FARC têm cotas na Câmara e no Senado colombiano, ou seja, os guerrilheiros são eleitos por decreto.

Esperamos que o novo Chefe de Estado colombiano, Iván Duque, saiba reverter essas iníquas concessões à guerrilha e fazer justiça ao povo daquele Pais.

Fonte: http://elnodo.co/13FARC?fbclid=IwAR0mY3rMwJZZzp6OaRkk8gAolvwcwCAeeqPrG0nvtDiUaxKv8Dq6KWJ9jMM

2Maduro inicia perseguição religiosa na Venezuela?

Arcebispo de Barquisimeto, Mons. Antonio López Castillo; e o bispo de San Felipe, Mons. Víctor Hugo

Notícia de ACIprensa informa que “Nicolás Maduro pede investigar a dois bispos da Venezuela por ‘crimes de ódio’”.
Maduro pediu ao Tribunal Supremo de Justiça, à Controladoria e o Ministério Público que abra a investigação sobre as homilias de dois bispos venezuelanos por terem cometido “crimes de ódio” na festa do Divino Pastor de Barquisimeto, em 14 de janeiro pp.

Trata-se do Arcebispo de Barquisimeto, Mons. Antonio López Castillo; e do bispo de San Felipe, Mons. Víctor Hugo Basabe.

A acusação de Maduro é: “Vem agora um diabo de batina a conclamar choques violentos, à guerra civil”.

* * *

Os petistas sabem escolher seus amigos… está na hora de Haddad (que diz ter trocado o vermelho pelo verde e amarelo) mostrar sua repulsa ao ditador bolivarianista pela perseguição a membros da Igreja na Venezuela.
Ou será que é mudança só de casca?

https://www.aciprensa.com/noticias/nicolas-maduro-pide-investigar-a-dos-obispos-de-venezuela-por-delitos-de-odio-22795

3Reação conservadora no Leblon contra livro didático pró-comunista

Luiz Puntel autor do livro Meninos sem Pátria

Todos se lembram da vigorosa reação à exposição do Queermuseu, ofensiva aos valores religiosos e morais do povo brasileiro há alguns meses atrás. Tão forte foi que o Santander resolveu retirar seu patrocínio dessa exposição. Que diria o leitor desse comentário de Luiz Puntel: “Faz lembrar o episódio do Queermuseu, quando três ou quatro imbecis fizeram uma gritaria e o Santander arrepiou, suspendendo a exposição”?

Francamente, chamar de três ou quatro imbecis aquela reação vigorosa de dezenas de milhares contra as ofensas do Queermuseu à religião Católica… É preciso ser muito fanático mesmo.

Em boa hora o Colégio Santo Agostinho, no Leblon, Rio, retira do currículo a obra de Luiz Puntel (Meninos Sem Pátria), a pedido dos pais de alunos preocupados com a orientação pró-comunista do autor.

Nossos parabéns à reação conservadora desses pais que amam verdadeiramente seus filhos, que deve ser imitada por outros colégios católicos.

https://brasil.elpais.com/brasil/2018/10/04/cultura/1538677664_945391.html

4Recrudesce a perseguição religiosa na China após o “acordo provisório” com o Vaticano

Destruição de crucifixo em igreja, Wenzhu.

Notícia do AsiaNews informa que continua a perseguição religiosa aos católicos na China comunista após o “acordo provisório” com a Santa Sé firmado em 22 de setembro pp.

Assim, em nada mudou das terríveis perseguições com prisões arbitrárias, destruições de locais de culto, crucifixos, etc.

Acrescenta a Asianews que “a comunidade católica de Wenzhou conta com aproximadamente 130 mil fieis”, dirigida pelo bispo Mons. Pedro Shao Zhumin, reconhecido pela Santa Sé mas rejeitado pelo governo comunista chinês,

* * *

Ingenuidade (?) da Santa Sé assinando o “acordo provisório” e coerência da China comunista no seu ateísmo militante.

Diz o ditado que a covardia dos bons fomenta a audácia dos maus.

http://www.asianews.it/noticias-es/M%C3%A1s-que-antes:-en-Wenzhou,-Henan-y-Hubei-contin%C3%BAa-la-persecuci%C3%B3n,-despu%C3%A9s-del-acuerdo-China-Santa-Sede-45185.html

Deixe um comentário!