Nascida em 1426 em Ceuta, na África, então possessão de Portugal, era filha de Rui Gomes da Silva – governador dessa praça, e depois Alcaide-Mor de Campo Maior –, e de Isabel de Meneses, ambos de ilustre família. De uma piedade extrema, era muito esmoler para com os pobres. Aos 21 anos foi chamada para ser aia da infanta Da. Isabel, depois rainha. Consta que esta, por ciúmes da beleza de Beatriz, a trancou numa espécie de cofre onde deveria morrer. Mas Nossa Senhora apareceu-lhe, vestida com um hábito branco e manto azul, dizendo-lhe que ela fundaria um instituto religioso, a Ordem da Imaculada Conceição (pelo que suas freiras são conhecidas como “concepcionistas”). Liberta então pela rainha arrependida, ingressou no convento de São Domingos, de onde, em 1484, saiu com doze religiosas para fundar a Ordem pedida por Nossa Senhora, seguindo a regra de São Francisco. Santa Beatriz recomendou às suas religiosas grande pureza de coração, amor a Jesus e, de modo especial, à Nossa Senhora da Conceição, séculos antes de ser aprovado o dogma da Imaculada Conceição. Faleceu em Toledo no dia 9 de agosto de 1490.

Gostaria de receber as atualizações em seu email?

Basta digitar o seu endereço de email abaixo e clicar em “Assinar”.