Apesar de sua poluição extrema, a China presidirá a “Rio+20”!

    Um dos países com maior índice de poluição, a China foi escolhida para presidir a Rio +20…

    Uma névoa de poluição impede a visão, a partir de satélites, da imensa planície do norte da China onde está situada a capital Pequim. Na superfície, a visibilidade ficou limitada a 200 metros. A ditadura comunista já fez saber que nada fará para corrigir a intoxicação, que prejudica seus cidadãos-escravos e o ar do planeta. De acordo com a NASA, a névoa é composta de partículas de 10 micrômetros (PM10) que entram no pulmão e causam problemas respiratórios. As partículas de 2,5 micrômetros (PM2.5) podem infiltrar-se na corrente sanguínea, causar câncer e problemas respiratórios extremos. Porém, a China fechou a questão e não renunciará a seu perigoso desenvolvimento induzido. Inexplicavelmente, a ONU deu-lhe a presidência da reunião “Rio+20” neste mês. Mau presságio para a idoneidade desse megaevento…