Marcelo Crivella

O senador Marcelo Crivella em discurso dia 18 do corrente informa ter apresentado uma alternativa a PLC 122/06. Tal alternativa tem por objetivo buscar um consenso na polêmica em torno da lei contra a homofobia.

Consta que a nova proposta dará direitos aos sacerdotes, pastores, padres e ministros religiosos de expressarem seu pensamento dizendo que o homossexualismo é pecado, desde que não suscitem agressão, violência, preconceito e discriminação contra os homossexuais.

Pergunto: e o cidadão comum, que não se enquadra nas características acima, que discordar e fizer suas críticas, sem suscitar agressão, violência, etc., como fica? A lei, como dizem, não é igual para todos?

E mais, o que será por exemplo de uma mãe que contrata uma babá, e no dia seguinte descobre que é um homossexual e o despede, pois não quer seus filhos educados num sentido oposto a sua religião?

Já não temos leis que proíbem a agressão, tanto física como verbal, a todo cidadão? Tais leis já prevêem a devida sanção a tais agressões.

O que há no caso concreto é a intenção de transformar os homossexuais em classe privilegiada. O que os defensores de Marx não conseguiram levar a termo no Brasil, isto é, a luta de classes e a ditadura do proletariado, estão tentando fazer agora: uma luta entre o vício e a virtude, e a ditadura do pecado.

Quem achar que é exagero, basta conferir o PNDH-3, que está sendo implantado a conta gotas: formar uma casta privilegiada dos que praticam a homossexualidade, legalizar a prostituição, legalizar o aborto, facilitar a ação de invasores de propriedades, de um lado; de outro, perseguir os que são contra.

Um ponto para o qual se tem chamado pouco a atenção é a distinção entre ser homossexual e ter a tendência a ser. A religião nos ensina que no segundo caso não há problema nenhum. Tendência a vícios como alcoolismo, drogas, violência, cleptomania, etc., nós todos podemos ter, devido ao pecado de nossos primeiros pais. Coibindo-os pode-se chegar à grande virtude e até à santidade. O problema é fazer apologia desses vícios e praticá-los.

O senador Crivela, segundo consta, é tido como um defensor da moralidade. Entretanto, em nossa opinião, até que mostre o contrário, está picado pela mosca do “ceder para não perder”, para no final acabar perdendo tudo.

Sabemos à exaustão que os atuais propugnadores das libertinagem são insaciáveis. Já se jactam, após o infeliz reconhecimento de direitos no STF, pela aprovação da união estável para os homossexuais. E observando bem sua agenda de reivindicações, pergunta-se: o que não exigirão de futuro? A experiência mostra que defendem todas as liberdades para si e tentam emudecer a todos que se lhes opõem.

Nossa época está repleta de males a serem curados; corrupção, violência, imoralidade, destruição da família, TV imoral, etc., etc., etc. Não é cedendo que conseguiremos sanar tais males, mas lutando com todas as forças de nossas almas para reverter tal situação e isto já tem acontecido em outros paises.

Que nossas atitudes, assim como nossas palavras, sejam sim, sim, não, não seguindo o sábio e santo conselho de Nosso Divino Mestre.

12 COMENTÁRIOS

  1. Associando as propostas do governo, assistiremos calados, sob pena de prisão, nossos filhos falando um péssimo portugues e saciando sexualmente o público “gay- velho” . Um quadro seria mais ou menos assim: “… — nóis fumu lá na cesta, fizemu séchu grupar e vortemu no memo dia…. ” . Não é lindo?!!!Nós Merecemos!!!

  2. Quando a pessoa se esquece de seus ideais e crença e dá vez para a pratica da politica, dá mostras como esta, ou seja, o lado que o senador crivela optou, pela politica, por decisões de homens, contrariando totalmente as ordenaças de Deus.

  3. Ricardo – Discordo em numero, peso e medida de sua colocação.
    Para nao estender muito lembro-me de uma frase muito apreciada por mim e acho que por muitos “se queres a paz prepara-te para a guerra” Existe assuntos que a unica posição aceitável é a intransigencia, em especial quando se trata de principios morais. – saudações -Teresio

  4. Pois é meus caros concidadãos, vcs que votaram na Dilma, agora estão vendo sua real faceta. Ela, bem como essa gentalha do PT(Lula, José dirceu, Palocci, José Genuíno, etc, etc…) estão sendo orquestrados pelo diabo para destruir os bons valores da familia brasileira, bem como o nosso País. Pq não vamos para as ruas protestar contra essas leis diabólicas que eles criam?
    Vamos parar o Brasil com protestos em toda nação!!! Ou vamos aceitar toda essa nojeira do governo do PT goela abaixo???
    alonso

  5. Nossa é uma vergonha!! Nesse páis com tantas coisas importante para serem resolvidas, e os políticos se preocupando com pessoas que vão parar no inferno! Faça um favor. Criar alguma coisa pra fazer senhores senadores.

  6. Em partes o autor tem razão. Mas não é sempre que devemos ser tão intransigentes. Não podemos cair em radicalismos. Devemos resolver as coisas com diplomacia e, quando necessário, ceder em alguns pontos para um melhor entendimento de todos. Jesus Cristo não veio trazer a guerra, mas sim a paz. E a paz só se consegue dialogando.

  7. Que vergonha senador para os que lhe elegeram representante da bancada evangélica fica tranquílo que nunca mais vai conta com o nosso voto lamentavel sua posição que lamentavel sua visão que nos emgano por tanto tempo

  8. SIM, Sérgio Bertoli, concordo plenamente com você. NÃO, sen. Marcelo Crivella, NÃO siga o exemplo de uma certa autoridade do passado distante, há mais de dois mil anos, NÃO preciso lembrar, seu nome NÃO é digino de ser lembrado, mas sim seu crime. NÃO lave as mãos!!!

  9. Senador, respeito sua posição, mas fico perplexo, pois sabedor que pertence a bancada evangelica, deveria ser RADICALMENTE contra, e não ficar tentando acender uma vela para Deus e outra para o diabo.

  10. É isto ai. Se já de a muito tempo tivéssemos batido firme e adotado a estratégia de não ceder em nada, não estaríamos enfrentando todos estes problemas.
    Temos que nos convencer que a maioria do povo brasileiro é conservadora e não admite estas barbaridades…
    Vale o velho dito “o avanço das coisas ruins não está no ímpeto dos maus mais no comodismo dos bons”… Parabéns IPCO, é de posiçoes assim que precisamos.

    TB

  11. Perfeito: RESISTIR e NÃO ceder!
    O Senador Crivela está sendo, no mínimo, no mínimo, ingênuo.
    Devemos lutar, isso sim, pela rejeição TOTAL do PLC 122/2006 E DO PNDH-3, principalmente nos pontos citados no artigo acima.
    A Cristandade deve resistir com gestos concretos; não apenas com orações.
    Isso é fato. Basta ver a história da Europa, por exemplo, aliás a Europa hoje está sendo novamente subjugada gravemente e precisa tomar uma atitude já.
    Nós aqui também, imediatamente, para ontem, a fim de eliminar pacificamente esses absurdos contrários à Cristandade.
    Glória a CRISTO Rei!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome