Imposição mundial do homossexualismo?

O primeiro ministro britânico “conservador” ameaça suspender ajuda econômica a países que proíbem e condenam o homossexualismo. Ao mesmo tempo, no Brasil…

Não sou em nada simpático à “teoria da conspiração” em seu sentido pejorativo. Apesar disso, estou cada vez mais convencido de que a imposição do homossexualismo faz parte de um movimento internacional organizado.

Por exemplo, segundo notícia de O Estado de S. Paulo (31/10), o primeiro ministro britânico David Cameron “ameaçou suspender a ajuda econômica a países que não revoguem leis que proíbem e condenam a homossexualidade“. Uganda, por exemplo, seria um dos atingidos – o único país africano que, por sua política moralizante, conseguiu reduzir drasticamente as infecções por AIDS…

Enquanto isso, no Brasil multiplicam-se os projetos de lei e sobretudo as decisões judiciais que favorecem a causa homossexual.

Tudo isso ao mesmo tempo. Estranho, não?