A Lei de Segurança Nacional imposta pelo PCC (China) à Hong Kong viola o Acordo com o Reino Unido em 1984.

A Lei de Segurança Nacional não é contra os terroristas, nem contra a Antifa, nem contra o MST. O crime dos hongkongueses é pedir democracia … no bom sentido da palavra, liberdade para pedir liberdade de expressão, liberdade de manifestação.

370 presos no primeiro dia de manifestação

“Na quarta-feira, Hong Kong marcou o 23º aniversário de seu retorno ao domínio chinês sob a nova realidade de uma lei de segurança nacional abrangente que levou milhares de oponentes às ruas em desafio aberto e viu a polícia fazer as primeiras prisões (370) com seus poderes recém-adquiridos para fazer cumprir isto.”

***

Dispensa comentários … a esquerda protesta nos EUA, protesta no Brasil.  Esperamos que a Comissão dos Direitos Humanos da ONU.

Desses 370 detidos quantos irão para serem julgados em Pequim, por um Tribunal do PCC?

***

Começam as reações no Reino Unido e nos EUA senadores se movem para conceder especial ajuda aos hongconqueses visados pelo PCC.

***

Alerta para o Brasil, saibamos valer a defesa dos Valores Morais nas relações internacionais. E nossos governadores de esquerda, do falso Centrão continuam sendo defensores do PCC.

Fonte: https://www.scmp.com/news/hong-kong/politics/article/3091426/national-security-law-day-defiance-protests-break-out-hong

1 COMENTÁRIO

  1. […] A Lei de Segurança Nacional imposta pelo PCCh a Hong Kong (governada por Carrie Lam, pró Pequim) provocou justas indignações no Mundo Livre. No primeiro dia de vigência 370 hongkonqueses são detidos. E … serão julgados por Pequim? https://ipco.org.br/370-hongkongueses-presos-e-a-liberdade-de-expressao-nao-vale-para-a-china-pcc/ […]

Deixe uma resposta