O Brasil continua sua batalha contra o coronavírus e vê decrescer dia a dia o número de infectados bem como os óbitos.

Celebremos 5.028.216 de curados. Não conseguimos compreender como a nossa grande midia se “esquece” da meritória ação dos médicos brasileiros na luta contra o vírus chinês. E, sobretudo, a CNBB se mantém paralisada face ao vírus, não promove especiais orações pelo fim da pandemia. Cinco milhões de curados já seria um justificado motivo de Te Deum agradecendo os favores vindos de Deus.

DESDE AGOSTO VEM DECRESCENDO O NÚMERO DE ÓBITOS

Nosso gráfico mostra o real declínio de óbitos pelo covid-19 desde o início de agosto. São, portanto, 3 meses de revezes para a pandemia.

Nossos cuidados, nossa luta continua. Saibamos, porém, agradecer à Divina Providência e aos esforços ingentes da classe médica.

***

 

O gráfico acima mostra a relação entre o número de recuperados (linha verde) e o número de infectados (linha laranja) dia a dia. A vitória da linha verde mostra como no Brasil tem baixado o número de infectados.

Por fim, o último gráfico mostra a linha descendente do número total de infectados.

Deo gratias. Saibamos agradecer a Deus, rezar pelos que padecem, pelos que faleceram.

Verdade esquecida: estar curado e imune é o melhor remédio.

Brasil, confiança em Nossa Senhora Aparecida. Vençamos a pandemia e triunfemos sobre a histeria midiática que promove o medo, o pânico a propósito do vírus chinês.

Fonte: https://www.worldometers.info/coronavirus/country/brazil/

 

3 COMENTÁRIOS

  1. Vocês se dizem cristãos mas escrevem um texto com o termo “vírus chinês”, desmerecendo de forma maldosa todos os nossos irmãos que nasceram nessa parte da nossa Terra. Os castelos de vocês são apenas físicos, espiritualmente vocês são pequenos.

    • O povo chinês nada tem a ver com o PCCh. Amamos o povo chinês, rejeitamos a ideologia maoista do PCCh. Desejamos que haja grande afluxo de missionários na China e realizem o grande desejo de São Francisco Xavier: sua conversão ao Catolicismo.

Deixe uma resposta