Corria o ano de 1968 e a Rússia comunista invadia a Checoslováquia com armas, tanques e soldados. Na ocasião, a Folha de São Paulo estampava o artigo do Prof. Plinio Corrêa de Oliveira: Cá e lá os mesmos tiranos há.

Aplicando à Cuba de nossos dias se poderia dizer: cá e lá a mesma esquerda há. É ainda a Folha que noticia: Em discurso de despedida em Cuba, Raúl Castro critica prisão de Lula.

Por que razão Raul Castro se sente na necessidade de criticar a prisão de Lula? Quantos presos tem Cuba, esses sim, autênticos presos políticos? Presos, porque discordam do regime comunista da Ilha prisão!

“Dinastia” Castro ou ditadura Castro?

Em tempo, perguntamos: por que razão a nossa mídia reproduz manchetes falando da “dinastia” dos Castros?

Mudança? consta esta Constituição cubana?: Artigo 5: O Partido Comunista de Cuba, vanguarda organizada marxista-leninista da classe operária, é a força dirigente da sociedade e do Estado, que organiza e orienta os esforços comuns para os altos fins da construção do socialismo e do avanço para rumo à sociedade comunista.

Tenho um amigo especialista em assuntos cubanos. Desde 1959 a ditadura Castro vem impondo a ferro e fogo um regime comunista com milhares de execuções no “paredón” e milhões de exilados. Nem a amizade de Frei Betto ou a carta fraternal do Cardeal Arns conseguiram mudar a imagem da Cuba Castrista como signo de perseguição ideológica e religiosa. Mas a Teologia da Libertação tenta jogar água benta nos regimes de esquerda da América Latina.

Então, uma ditadura de 59 anos passa a se chamar “dinastia” por um jogo de palavras talismânicas (1). Fidel Castro é chamado de Presidente ou Líder. Raul Castro é agraciado com os mesmos favores da mídia de esquerda.

Vejamos como será a nova face do comunismo cubano. Se houver uma mudança autêntica em Cuba, esta começará por fazer a Nuremberg (2) dos Castros e Cia. Nós, brasileiros teremos sagacidade suficiente para saber discernir. Esperamos que o nosso Governo também.


Notas: (1) http://www.pliniocorreadeoliveira.info/livros/1965.pdf
(2) Em Nuremberg foram julgados os crimes da Alemanha Nazista durante a II Guerra Mundial. Falta uma Nuremberg dos crimes comunistas.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here