Canadá encerra discriminação (passaporte-vacina) em aeroportos

0

Os aeroportos canadenses não vão mais segregar os viajantes com base no status da vacina. Afinal, um pouco de bom senso. Esse não é o primeiro vírus da História e nunca se pensou em segregar pessoas com base em vacinas.

O mundo combateu o apartheid racial e a nova esquerda quer o apartheid-vacinas.

Por exemplo, Aids-HIV continua ceifando vidas (960 mil) e infectando mais de 42 milhões, somente em 2021. Nem por isso se cogita discriminar em aeroportos quem tenha comprovação de ser ou não portador de Aids-HIV. https://www.worldometers.info/

Canadá: não, ao apartheid de vacinas

27 de julho de 2021 (LifeSiteNews) – O Aeroporto Internacional de Vancouver (YVR) e o Aeroporto Pearson de Toronto encerraram uma política polêmica que segregava viajantes “vacinados” e “não vacinados” em filas separadas ao entrar na alfândega.

Em uma declaração enviada à LifeSiteNews, a especialista em comunicações da YVR, Melanie Belanger-Finnz, confirmou que as linhas baseadas no status de um jab COVID-19 desapareceram em 26 de julho.

“Efetivamente, imediatamente, os passageiros que entram no Canadá vindos dos EUA ou de outro destino internacional não serão mais separados com base no status de vacinação antes de chegar à alfândega”, diz a declaração YVR.

O Aeroporto Pearson de Toronto também descartou linhas separadas para viajantes “vacinados” e “não vacinados” a partir de 26 de julho, depois de instalá-las por um breve período.

“Toronto Pearson, em colaboração com o governo e outros parceiros, determinou que a separação de viajantes vacinados e parcialmente / não vacinados nas filas alfandegárias resulta em eficiências operacionais mínimas”, diz um comunicado do aeroporto.

O Aeroporto Internacional de Montreal-Trudeau também disse que não separará os viajantes em duas linhas com base no status de jab COVID-19. O aeroporto disse que um teste para ter as duas linhas por um período de dois dias no início de julho não deu certo.

Depois que fotos se espalharam nas redes sociais mostrando sinais para “vacinados” e “não vacinados” na YVR, muitos criticaram as duas filas. Um usuário do Twitter comparou a segregação de linha à “vacina do apartheid”.

Fonte: Canadian airports will no longer segregate travelers based on vaccine status | News | LifeSite (lifesitenews.com)

Deixe uma resposta