“O regime de Nicolás Maduro publicou uma lista de 35 hospitais que supostamente seriam capazes de tratar pacientes com o coronavírus (COVID-19). No entanto, a maioria desses centros de saúde está em tratamento intensivo e à beira do colapso”.

  • * * *

Já se sabia do colapso da Venezuela em matéria de Saúde. Sem embargo, Maduro ousa dizer que tem 35 unidades hospitalares “equipadas” para fazer frente ao surto.

O “relatório de Michelle Bachelet, Alta Comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos, que também condenou a grave crise humanitária no país sul-americano”.

Assim são os socialistas, assim são os comunistas, assim são os bolivarianistas: a moral é tudo aquilo que favorece o Partido. E por isso mentem, afirmando que a Venezuela está preparada.

  • * * *
  • Listados hospitais fechados desde 2018

Continua panampost: “A associação civil “Rede de Médicos pela Saúde” teve acesso à lista de centros de atenção que o Ministério da Saúde havia prestado em seu plano de atenção aos possíveis afetados pelo surto do Covid-19″ (…) mas de todos os hospitais da lista, há alguns que estão fora de serviço desde 2018.

“A lista inclui o Hospital Dr. Leopoldo Manrique Terrero, que está fechado desde 8 de novembro de 2018, quando foi ordenado a reforma. Nos últimos 16 meses, o Ministério da Saúde adiou quatro vezes a abertura do centro de atendimento”, diz um relatório do Pitazo.

“O Hospital Municipal Dr. Enrique Tejera em Carabobo é outro dos centros de saúde incluídos na lista. No entanto, é um hospital que foi forçado a fechar suas unidades de emergência devido a várias infecções e a propagação de bactérias. De fato, só em outubro de 2019, três em cada quatro recém-nascidos que estavam em tratamento intensivo foram mortos por contaminação”.

  • * * *
  • Vamos aguardar que a Comissão de Direitos Humanos da ONU, ou a OMS, ou talvez o Vaticano denunciem mais essa fraude de Maduro e ofereçam reais condições de auxílio à população venezuelana.
  • Maduro vai, certamente, seguir os conselhos de Xi Jinping (seu aliado) e que adiou por dois meses a permissão para que uma equipe de especialistas visitasse a China. Porque os socialistas e comunistas não têm transparência.
  • * * *
  • A “Cruz Vermelha venezuelana já alertou que o país não está preparado para combater o vírus que agora está aterrorizando a população mundial”.”Médicos por la Salud (Médicos pela Saúde) divulgou os números de suas pesquisas sobre hospitais na Venezuela, destacando a escassez de água e eletricidade, bem como os serviços necessários para atacar qualquer doença. Setenta por cento dos hospitais têm falhas no fornecimento de água e apenas 9% relatam ter um serviço normal e consistente, segundo o relatório”.”Segundo Julio Castro, diretor da rede, apenas 30% dos médicos que estão em pronto-socorros nos hospitais são especialistas. De acordo com o levantamento da rede, em 2019, houve 2.602 mortes cardiovasculares evitáveis. Além disso, houve falhas no sistema e escassez de equipamentos, insumos e medicamentos”.
  • * * *

É a falência do bolivarianismo de Maduro; mas a mídia brasileira “finge” não ver … porque ela está fazendo o jogo da esquerda.

  • Fonte: https://panampost.com/sabrina-martin/2020/03/12/maduro-hospitals-coronavirus/?cn-reloaded=1

Deixe uma resposta