O homem que vandalizou o Lincoln Memorial com tinta spray, foi indiciado nesta semana por acusações de destruição de propriedade federal e pode ficar 10 anos preso.

“Desfigurar um dos monumentos nacionais de nosso país não será tolerado”, disse o advogado interino dos EUA no Distrito de Columbia, Michael Sherwin, em comunicado.”

“De acordo com uma queixa criminal, os policiais dos EUA em 30 de maio viram Avery grafitar as palavras “Yall ainda não está cansado?” com tinta spray preta no Lincoln Memorial, um monumento ao ex-presidente Abraham Lincoln.

“Oficiais perseguiram Avery e o algemaram. Encontraram uma lata de tinta spray no bolso.

“Os policiais também removeram um iPhone do Avery. Eles viram uma mensagem no telefone bloqueado que dizia “Acho que eles viram você etiquetar”, uma aparente referência ao grafite.”


Monumentos religiosos e até igrejas sofreram atentados na esteira dos protestos a propósito da morte de George Floyd. Está clara a intenção da esquerda vandalizando monumentos de caráter religioso ou civil. Claro, também, nos saques e incêndios provocados nos EUA.

Muito bem declarou o advogado que a vandlização de monumentos nacionais não serão tolerados.

Aqui no Brasil a esquerda tentou algo semelhante e fracassou. Mais uma vez fica claro que, sem a ajuda financeira do governo petista, os tais ‘movimentos sociais” de Boulos, Stédile não têm popularidade, nem contingente para fazer arruaças.

Estejamos alertas e perseveremos na luta pelos Valores Morais, os alicerces da reconstrução do novo Brasil.

Fonte:https://www.theepochtimes.com/man-who-vandalized-lincoln-memorial-could-get-10-years-in-jail_3425170.html?ref=brief_News&__sta=vhg.uosvpxUIsmqhgvv%7CQYY&__stm_medium=email&__stm_source=smartech

 

Deixe uma resposta