Movimento homossexual dá tiro no pé – Parte I

Militantes do movimento homossexual de Jundiaí (SP) tentaram atrapalhar a Caravana Cruzada pela Família. Utilizando-se de ameças, ofensas e blasfêmias eles tentavam impedir que os transeuntes assinassem. Vendo o absurdo a que chegaram, as próprias pessoas foram discutir com eles.

No vídeo abaixo, gravado por uma senhora que estava assistindo à campanha do IPCO em Jundiaí, vê-se a agressividade verbal do movimento homossexual contra uma mãe com seu filho no colo. Depois de perceber o erro em confessar que para eles “Deus não existe”, os militantes homossexuais recorreram a um subterfúgio: “Mas, por que Deus não me ama?”.

Ora, por que que eles estão preocupados em ser amados por um ser que dizem não existir? Vejam no vídeo abaixo:

Acompanhe a caravana!

Inscreva-se em nosso canal e acompanhe os próximos vídeos!

Durante todo este mês de Julho de 2015 os jovens caravanistas percorrerão o País em defesa da Família!