E ele não saiu perdendo: "Do que vale ao homem ganhar o mundo inteiro, se vier a perder sua alma?" Que Nossa Senhora o mantenha!
Sim, isso mesmo, um homem preferiu renunciar a 1 milhão de dólares do que pecar contra a castidade matrimonial. Não se trata aqui de alguma fábula de La Fontaine, nem mesmo de um fato ocorrido na Idade Média. 

Estou falando do ator de cinema Neal McDonough que, para não contrariar seus princípios católicos, se recusou a gravar uma cena de sexo explícito e foi despedido da série televisiva Scoundrels, produzido pela ABC. 

O cachê que ele receberia, seria somente de 1 milhão de dólares. 

E não pensem que esse foi um fato isolado na carreira do ator. Ele já é reincidente na matéria. Em outras duas séries (Desperate Housewives e Boombtown) houve a mesma recusa de McDonough a fazer cenas imorais. 

Fonte: Blog Sou Conservador, Sim, e Daí?