O Portal da Transparência nos fornece os dados oficiais de Causa Mortis no Brasil. Em hospitais, domicílios, vias públicas, outros.

Se tomarmos Infarto, Pneumonia, Insuficiência respiratória, outros, AVC, septicemia — essas 6 Causa Mortis somadas — teremos 100 mil mortes à menos nos HOSPITAIS. Gráfico abaixo. Precisamente 100.372 a menos do que em 2019.

Lembramos, nosso gráfico computa os dados de causa mortis somente em Hospitais.

Fonte: https://transparencia.registrocivil.org.br/especial-covid

Como se observa visualmente pelos dois gráficos acima, morreram menos pessoas em 2020. É o que expressamos, em forma de colunas, no primeiro gráfico.

São dados oficiais, não há razão para a Midia alarmista estar propangadeando o total de mortes. São 100 a menos nessas 6 causa mortis.

***

Infectados por milhão de habitantes, mortes por milhão

O Brasil — graças ao esforço e dedicação da classe nossa classe médica — vai tendo um desempenho face ao covid-19 que a midia não quer ressaltar. O número de infectados por milhão de habitantes é inferior à Bélgica, México, França, Reino Unido, EUA, Peru, Portugual, Espanha, Áustria etc… a lista tem 31 países em situação mais grave do que nós. A Argentina já se equipara ao Brasil.

Se tomarmos o número de mortes por milhão de habitantes a Argentina já supera o Brasil. México, Perú, Reino Unido, França, Espanha … uma lista de mais de 20 países com índices piores do que o nosso.

***

Lamentamos e rezamos pelos falecidos. Tenhamos as precauções recomendadas pelo bom senso, pelo senso católico, pelos médicos.

Não pintemos, porém, o gigante maior do que ele é na realidade. São 100 a menos que nossos médicos pouparam em seu esforço, sua dedicação, sua vocação de salvar almas.

Infelizmente, isso sim lamentamos profundamente, a falta de assistência religiosa imposta por autoridades civis que normalmente a Igreja ministraria aos enfermos. Morreram sem a unção dos enfermos, sem a bênção da Igreja.

Deixe uma resposta