Há, entre nós, os propagandistas do regime comunista de Pequim. O governador Doria — que afirma confiar em Xi Jinping — os governadores-interventores petistas já são aliados do PCCh.

O bom exemplo nos vem da Austrália: PCCh go home!

China mirava uma das maiores empresas de laticínios da Austrália

“A proposta de aquisição de $ 600 milhões (US $ 430 milhões) de uma das maiores empresas de laticínios da Austrália, Lion Dairy & Drinks, para a chinesa Mengniu Dairy foi rejeitada.

“A empresa de bebidas japonesa Kirin Holdings confirmou em uma atualização de investidor (pdf) em 25 de agosto que, apesar de receber o sinal verde do watchdog da concorrência australiana em fevereiro para a venda, era improvável que recebesse a aprovação do Conselho de Revisão de Investimento Estrangeiro (FIRB) .

“A aprovação do FIRB e a permissão do Tesoureiro Federal Josh Frydenberg (que tem a palavra final sobre os assuntos do FIRB) foram os obstáculos finais para que o negócio fosse adiante.”

A conclusão é que as partes concordaram em rescindir o contrato. Em linguagem mais direta as pretensões do PCCh de comprar parte da Austrália foi frustrada.

Lição para nós, brasileiros. PCCh é agenda de esquerda. Investimento chinês não é de particulares … é o PCCh mesmo! aquele ditatorial e vitalício que conceder a Xi Jinping ficar no poder até a morte.

Vamos manter nossa soberania, nossa independência, nossa honra face às investidas do PCCh e de seus amigos de esquerda no Brasil.

Ainda seremos, com a graça de Deus, um grande País!

Fonte: https://www.theepochtimes.com/600-million-australian-dairy-sale-to-china-mengniu-called-off-treasurer-allows-deal-to-lapse_3474235.html

Deixe uma resposta