Canada imita a China violando a liberdade religiosa?

0

Senador dos EUA pede que o Canadá seja colocado na lista de vigilância da liberdade religiosa durante as detenções de COVID.


Canadá imita a China de Xi Jinping

O senador republicano Josh Hawley, do Missouri, escreveu a carta de 24 de junho em resposta à repressão canadense contra a liberdade religiosa. Em sua carta, ele citou “numerosos casos de pastores canadenses sendo presos e encarcerados por realizar cultos de adoração que não cumprem com as restrições da COVID-19”.

“Estou preocupado que nossos vizinhos canadenses estejam efetivamente sendo forçados a se reunir em locais secretos e não revelados para exercer sua liberdade básica de culto. Francamente, eu esperaria esse tipo de repressão religiosa na China comunista, não em uma nação ocidental proeminente como o Canadá. “

Prisão e confisco de propriedade

“A prisão de líderes religiosos pelas autoridades canadenses e o confisco de propriedade da igreja, entre outras ações de coação, parecem constituir violações sistemáticas, contínuas e flagrantes da liberdade religiosa.”

Hawley ficou particularmente comovido com a prisão do pastor Tim Stephens em 15 de junho, cujos filhos choraram e se agarraram a sua mão depois que ele foi levado para um carro da polícia. O ministro evangélico foi preso por realizar um culto de oração ao ar livre, uma reunião que a polícia precisava de um helicóptero para encontrar. Embora a transmissão externa do COVID-19 seja muito rara, o serviço violou as restrições do COVID-19 de Alberta.

Restrições nos EUA

Em 2020, Hawley lutou pela liberdade religiosa dos americanos durante a pandemia do coronavírus, quando limites rígidos de frequência foram impostos aos locais de culto, enquanto negócios como restaurantes e academias foram autorizados a operar com 50% da capacidade. Em setembro, ele escreveu ao então procurador-geral William Barr pedindo-lhe que abrisse um processo no tribunal federal para proteger a liberdade religiosa em estados onde a Primeira Emenda estava sendo violada.

“O povo americano suportou seis meses de fechamentos e restrições em suas casas de culto”, escreveu Hawley.

“Durante esse período, eles enfrentaram inúmeros danos: feriados perdidos e celebrações religiosas, casamentos cancelados e funerais sem assistência, para não falar da dolorosa ausência de adoração regular. Essas contínuas violações da Primeira Emenda são ultrajantes. Peço que o Departamento entre com um processo contra essas jurisdições e outras para defender os direitos dos americanos. “

E a Igreja Católica?

Sim, os Bispos da Santa Igreja, como procederam para defender os direitos de Nosso Senhor Jesus Cristo face às restrições, lockdowns de templos católicos?

No Brasil, todos nós vimos o apoio da CNBB ao lockdown de igrejas. Nosso Site promoveu um abaixo assinado pedindo aos Srs Bispos a abertura dos templos católicos e o acesso aos Sacramentos. Silêncio.

Mais uma vez, recordamos, a Igreja Católica poderia fazer o mesmo na Califórnia. Mestra da Verdade, tutora da Lei Natural, fundada por Nosso Senhor Jesus Cristo para perpetuar os benefícios da Redenção, a Igreja é, de fato, a primeira que deveria reinvidicar judicialmente seus direitos lesados pelos governadores democratas-socialistas.

Exemplo da Diocese católica de Brooklyn

A liminar permanente contra Newsom (governador democrata da Califórnia), que é a primeira de seu tipo contra um governador de estado dos EUA, cita várias decisões da Suprema Corte após processos anteriores contra Newsom, bem como um processo da Diocese Católica de Brooklyn contra o governador de Nova York Andrew Cuomo.

Continua a notícia: “Em abril, a Suprema Corte decidiu que as restrições da Califórnia a reuniões religiosas em casa eram inconstitucionais, depois que os pastores do condado de Santa Clara processaram. Neste ponto, de acordo com o New York Times, o breve documento “expressou impaciência com o tribunal federal de apelações da Califórnia”, o Tribunal de Apelações dos Estados Unidos para o Nono Circuito, dizendo que havia repetidamente desconsiderado as instruções da Suprema Corte. https://ipco.org.br/tribunal-impoe-multa-contra-governador-que-fechou-igrejas/

***

A Santa Igreja Católica existe, tem liberdade não é por uma concessão do Estado. Seu direito vem diretamente do Fundador, Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei dos Reis e Senhor de todos os senhores.

Fonte: U.S. Senator calls for Canada to be put on religious freedom watch list over COVID arrests | News | LifeSite (lifesitenews.com)

Deixe uma resposta