A peça “O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu” exibida em várias unidades do SESC e patrocinada por órgãos como Itaú Cultural e Instituto Tomie Ohtake, é blasfema, sacrílega, irreverente e fere profundamente os sentimentos e convicções religiosas dos católicos e cristãos em geral, os quais constituem a esmagadora maioria da população brasileira.

É uma farsa que traz uma falsa narração da vida de Nosso Senhor Jesus Cristo e apresenta nosso Salvador como sendo uma “mulher transexual” que endossa e incentiva esta condição.

A peça tem o claro intuito de destruir a respeitabilidade devida a Nosso Senhor Jesus Cristo, nosso Deus. E utiliza Sua Sagrada Figura para promover práticas e condutas imorais condenadas pela Divina Lei.

Essa apresentação faz parte do projeto “Transver – Olhares artísticos sobre a cultura LGBT” organizado e patrocinado pelo SESC.

Segundo declaram seus próprios organizadores, “apresenta um conjunto de ações artísticas que pretendem ampliar a perspectiva sobre a questão da diversidade sexual e das identidades de gênero.

É a famigerada “Ideologia de Gênero” que, apesar de seu caráter puramente teórico e da total falta de comprovação científica que a justifique, vem sendo imposta no mundo inteiro.

Provam-no fatos recentes acontecidos em vários países, em que pais e mães foram presos ou separados de seus filhos pela absurda acusação de inculcar “excesso de religião” na educação dos filhos, ou por não concordarem com a participação deles em aulas de educação sexual onde se ensina às suas crianças a perversa “Ideologia de Gênero”.

PROTESTE contra essa exibição infame! E proteste com veemência!

 “Não vos enganeis: de Deus não se zomba. O que o homem semeia, isso mesmo colherá” (Gálatas 6, 7).

Desde seu lançamento a peça enfrentou diversos protestos e sua exibição foi proibida em Jundiaí por uma liminar expedida pelo Meritíssimo Juiz Dr. Luiz Antonio de Campos Júnior, da 1ª Vara Cível de Jundiaí, o qual argumentou:

“De fato, não se olvide da crença religiosa em nosso Estado, que tem JESUS CRISTO como o filho de DEUS, e em se permitindo uma peça em que este HOMEM SAGRADO seja encenado como um travesti, a toda evidência, caracteriza-se ofensa a um sem número de pessoas”.

É, aliás, o que diz o artigo 208 de nosso Código Penal, qualificando como crime sujeito a prisão:

Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso.

De forma ordeira e legal, jamais poderíamos permitir tal ofensa a Nosso Senhor Jesus Cristo como faz a exibição dessa peça sacrílega que zomba de nossa Fé.

Preencha o formulário ao lado e assine a petição que será entregue aos responsáveis pelo patrocínio dessa peça. 

Ação Jovem IPCO

Baixe aqui o PDF do Comunicado difundido pela Ação Jovem do IPCO nas ruas

Não corrompam nossas crianças através da “Ideologia de Gênero”

A Ação Jovem do IPCO está promovendo uma campanha nacional de abaixo-assinados que serão enviados para o Presidente Michel Temer pedindo a exclusão da satânica "Ideologia de Gênero" da Base Nacional Comum Curricular - BNCC.

Clique aqui e assine já!

 

15 COMENTÁRIOS

  1. OS MAUS CADA VEZ MAIS PREVALECEM POR OMISSÃO E/OU assentimento dos que deveriam ser bons, exemplares, a começarem dos bispos da direção da esquerdista CNBB – PONTO DE APOIO do PT e de demais PCs – enquanto os outros prelados deveriam se arremeterem contra ela, mas ao que pareceria, prefeririam silenciar,-se num aparente corporativismo.
    Ainda mais com o atual comportamento de concordarem com certos procedimentos relativistas vindos desde o Vaticano de apoio aos esquerdo-globalistas, as ações dos inimigos da Igreja estão cada vez mais ousadas para a atacarem, além de furiosas, a começarem pelo fomento desde seu interior de infiltrados maçonistas, muito perceptiveis por seus relativismos de forma patente e atrevida!
    O Queermuseu teve a intenção de perverter a infancia e juventude, incentivar todas as mazelas na sociedade a começar da mais tenra idade, destruição de todos os ensinamentos do tronco judaico-cristão-Igreja católica, destruir as familias, sufocar ainda mais o Ocidente já cambaleante frente as ideologias que o acossam, relativizar a sociedade e depois a todos entregar para a Nova Ordem Mundial, já devidamente domesticados e alienados, facilitando-lhe a dominação!
    Bem nos advertiu Nossa Senhora do Bom Sucesso sobre o relatado acima, dos que deveriam defender os direitos da Igreja, no entanto, preferirão contemplar seus maiores desafetos:
    “Tempos funestos sobrevirão, nos quais …. aqueles que deveriam defender em justiça os direitos da Igreja, sem temor servil nem respeito humano, darão as mãos aos inimigos da Igreja para fazer o que estes quiserem” (II, 98).
    Essa grave omissão é repetida por Nossa Senhora na aparição seguinte, em 2 de fevereiro de 1610:
    “Campearão vícios de impureza, a blasfêmia e o sacrilégio naquele tempo de depravada desolação, calando-se quem deveria falar” (II, 17).
    Outra medida concreta de excelente efeito seria vetar as transações com eventuais bancos envolvidos, caso Satãder, avisar-lhes do porque de se retirarem-se, pois o castigo maior para os banqueiros é lhe retirarem o ídolo deles: $enhor deu$ Mamon!

     
  2. Onde está a digníssima CNBB se posicionando fortemente quando a esse absurdo? Que covardia é essa? Eles deveriam ser os primeiros a se posicionar, ainda que o Papa se mostre favorável à causa LGBT, nós os cristãos não devemos nos calar e aceitar esse sacrilégio. Não fosse a ação do IPCO essa heresia passaria ilesa? Parabéns pela coragem do Instituto em não se calar, e por fim nosso repúdio a esse Banco Itaú que a exemplo do Santander patrocina esse satanismo disfarçado.

     
  3. No momento atual,em que criminaliza qualquer pessoa que fale contra esse pecado hediondo de homossexualismo,alguma seita religiosa,mas que não é verdadeiramente religião,é considerado discriminação,e motivo de prisão.Porque podem blasfemar,escarnecer,debochar,deformar e desrespeitar o símbolo máximo do Catolicismo,que é o próprio Deus,NOSSO SENHOR JESUS CRISTO.Essa ofensa e discriminação é SACRILÉGIO FEITA CONTRA JESUS CRISTO,HOMEM DEUS.DISCRIMINA MILHÕES DE PESSOAS QUE PROFESSAM O CATOLICISMO.Onde estão as tais leis que não são aplicadas?Onde estão as autoridades devidas para tomar providências URGENTE.Dois pesos e duas medidas.Parabéns ao IPCO pela nobre iniciativa.

     
  4. Como parece óbvio que não seja apenas por alguma imbecilidade ou demência coletiva que determinados grupos possam sustentar e defender, com tanta audácia e persistência, algo tão estúpido e desprovido de qualquer fundamento científico, como é a “ideologia de gênero”, só podemos presumir que tal empreitada não pode esconder o seu caráter ilícito, devendo, portanto, ser assim encarado e combatido em todas as instâncias políticas, jurídicas e midiáticas, até a sua total destruição.

     
  5. E onde está a omissa CNBB que se cala, traindo Nosso Senhor ? Eles, os bispos, é que deveriam estar promovendo essa cruzada de desagravo. Basta de covardia srs. Purpurados !!!

     
  6. Repúdio veemente o ato que ofende frontalmente o nosso Deus. Certamente, no devido, tempo a Providência Divina se fará presente e não permitirá a prevalência do mal.

     
  7. Repúdio ao ato e espero que os Cristãos do Brasil serre fileira nesta manifestação que é uma ofensa irreparável ao nosso Deus…

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome