Não corrompam nossas crianças através da “Ideologia de Gênero”

A Ação Jovem do IPCO está promovendo uma campanha nacional de abaixo-assinados que serão enviados para o Presidente Michel Temer pedindo a exclusão da satânica "Ideologia de Gênero" da Base Nacional Comum Curricular - BNCC.

Clique aqui e assine já!

No dia 28 de abril último o Instituto Plinio Corrêa de Oliveira promoveu no Club Homs, situado na Avenida Paulista, a conferência “O zika vírus na berlinda”, a cargo da Dra. Elizabeth Kippman, ginecologista obstetra, e do jurista Dr. Paulo Leão, os quais demonstraram que a infecção causada pelo zika não tem relação provada com o surto da microcefalia no Brasil.

Assista aos vídeos da conferência:

Parte 1 – “O zika vírus na berlinda” –  Dra. Elizabeth Kippman

Parte 2 –  Dr. Paulo Leão

Parte 3 – Perguntas e respostas

Não corrompam nossas crianças através da “Ideologia de Gênero”

A Ação Jovem do IPCO está promovendo uma campanha nacional de abaixo-assinados que serão enviados para o Presidente Michel Temer pedindo a exclusão da satânica "Ideologia de Gênero" da Base Nacional Comum Curricular - BNCC.

Clique aqui e assine já!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorFátima, misterioso e maternal aviso
Próximo artigoUma Nuremberg tupiniquim?
Instituto Plinio Corrêa de Oliveira
O Instituto Plinio Corrêa de Oliveira é uma associação de direito privado, pessoa jurídica de fins não econômicos, nos termos do novo Código Civil. O IPCO foi fundado em 8 de dezembro de 2006 por um grupo de discípulos do saudoso líder católico brasileiro, por iniciativa do Eng° Adolpho Lindenberg, seu primo-irmão e um de seus primeiros seguidores, o qual assumiu a presidência da entidade.

2 COMENTÁRIOS

  1. Muitíssimo boa a conferência. Parabéns para a IPCO e para os conferencistas

    O Dr. Paulo Leão foi brilhante e exaustivo. Percebe-se perfeitamente onde as autoridades queriam chegar com a campanha do Zika virus. Essas autoridades não se podem classificar senão como assassinas e como tal devem ser julgadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome