Estima-se que 500.000 pró-lifers inundaram o Mall e a área circundante em Washington, neste 24 de janeiro, a fim de protestar contra o hediondo pecado do aborto e proclamar com entusiasmo que a vida inocente deve ser protegida.

A Sociedade Americana para a Defesa da Tradição, Família e Propriedade (TFP), juntou-se aos pró-vida, marchando em defesa da lei de Deus e do valor moral mais básico e do direito humano, o direito à vida.

O Instituto Plinio Corrêa de Oliveira — IPCO — participou dessa importante manifestação em defesa da Vida (24 de janeiro), rechaçando o aborto voluntário em todas as suas modalidades.

Nota publicada por American TFP

“Pela primeira vez, o presidente dos Estados Unidos falou no evento. As organizações irmãs da TFP americana também mostraram apoio ao marchar. Participaram o Instituto Plinio Corrêa de Oliveira (Brasil), Sociedade Irlandesa de Civilização Cristã (Irlanda), Droit de Naître (França) e Voglio Vivere (Itália).

“A Marcha pela Vida é um testemunho do poderoso momento do movimento pró-vida”.

Lembrando que o fracasso da Marcha das Mulheres (pró aborto)  na mesma cidade, na semana passada, deu a clara impressão de uma causa perdida, prossegue a notícia:

“O contraste é forte. O movimento pró-aborto está lutando, dividido e desencorajado, enquanto o movimento pró-vida está radiante de juventude, vitalidade e entusiasmo incomparável”.

O enfoque certo na Defesa dos Direitos de Deus, da Lei Natural, do Magistério da Igreja

Defending the Unborn Amidst a Crisis of Faith“Mantendo a lei de Deus no centro da luta pela América A Marcha pela Vida (March for Life)  é um sinal de que o pulso pró-vida na América está mais forte do que nunca, algo que o lobby pró-aborto é incapaz de atenuar.

“Os americanos cada vez mais preocupados estão recorrendo a Deus e à sua Mãe Santíssima para ajudá-los na luta contra o aborto”.

O primeiro Presidente norte americano a participar da Marcha pela Vida, contribuiu para impulsionar o moral dos manifestantes.

Em seu discurso, “ele elogiou os esforços dos pró-vida em sua determinação de defender a vida inocente. “Os jovens são o coração da Marcha pela Vida. E é a sua geração que está fazendo da América a nação pró-família e pró-vida ”, afirmou.

“Ele continuou: “Toda vida humana, nascida e não nascida, é feita à imagem santa do Deus Todo-Poderoso”.

(…) “Nesta luta, a derrota não é uma opção e o compromisso é covarde. Os pró-vida não devem recuar e devem redobrar seus esforços para garantir que o aborto seja erradicado. Nas belas palavras de Santa Joana d’Arc, “Em nome de Deus, os soldados lutarão e Deus lhes dará a vitória”.

Um incentivo para o movimento Pró Vida no Brasil, na América e no Mundo

A participação do Instituto Plinio Corrêa de Oliveira na “march for life” leva a nossos irmãos na Fé, do Hemisfério Norte, uma mensagem de alento e certeza de que a maior Nação Católica da Terra (Brasil, Terra de Santa Cruz) é fiel aos ensinamentos de Nosso Senhora e da Santa Igreja: “Não Matarás”.

Temos uma grande batalha, a de reconquistar no âmbito Legislativo, o resgate das Leis Eternas em defesa da Vida. Saibamos fazer nossas manifestações (ordeiras e pacíficas como sempre o foram) e mostrar aos Poderes constituídos que o Brasil respeita a Lei Natural colocada por Deus na Alma Humana.

Fonte: https://www.tfp.org/nearly-half-a-million-pro-lifers-march-in-washington-to-defend-life/

Deixe uma resposta