O governo comunista chinês quer destruir o topo da montanha “Heaven’s Gate”, um Santuário construído em 1924, que recebe milhares de peregrinos, especialmente 15 de setembro.

 “Taiyuan (AsiaNews) – Milhares de fiéis foram em peregrinação a Dongergou, perto de Taiyuan (Shanxi), ao santuário de Nossa Senhora das Sete Dores, na festa de Nossa Senhora das Dores, que é comemorada em 15 de setembro na Igreja”.

O governo quer destruir a “Porta do Céu” porque é muito alta

“Este ano, além de razões de fé, os fiéis ficaram ainda mais preocupados com a notícia de que o governo local quer destruir a porta solene do santuário, chamada “Porta do Céu” porque diz que é muito alta”.

A “sinicização” é pretexto para destruir igrejas, imagens e cruzes

“As estátuas que adornam o Portão já foram removidas, em nome da “sinicização”. Algum tempo atrás, espalharam-se as notícias de que o governo queria destruir todo o santuário. Em nome da “sinicização”, muitas igrejas já foram desfiguradas, cruzes arrancadas de campanários, cúpulas destruídas. Outro santuário em Guizhou corre o risco de ser destruído.

Cerceando a liberdade dos sacerdotes

Nenhum sacerdote, exceto os da diocese de Taiyuan, teve permissão para concelebrar ou presidir uma missa. Muitos fiéis se ajoelharam nos degraus do “Portão do Céu”.

“Um dos fiéis explicou que a dedicação a Nossa Senhora das Sete Dores ocorreu porque eles queriam construir um santuário para a Virgem Maria e porque as montanhas ao redor da igreja são chamadas “das sete amarguras”. A igreja e o santuário foram construídos para pedir a Deus proteção contra inundações e secas”.


A China comemora, hoje, 70 anos da Revolução comunista (cerca de 70 milhões de mortos) e mantém a perseguição à Igreja Católica destruindo igrejas, cruzes e imagens.

E ainda tem gente ingênua achando que Xi Jinping é um burocrata interessado apenas no poderio econômico e relações comerciais com o Brasil, “sem viés ideológico”.

Fonte: http://www.asianews.it/news-en/Taiyuan,-pilgrims-flock-to-save-Shrine-of-Our-Lady-from-destruction-48011.html

Deixe uma resposta