Os socialistas, os comunistas pregam a igualdade total. Também o brado de Lúcifer “não servirei” é autenticamente um brado de igualdade. Similar foi a tentação de Adão no Paraíso: “sereis como deuses”.

         Pelo contrário, nos mostra São Tomás que a desigualdade das criaturas e seu escalonamento hierárquico são um bem em si mesmo e assim melhor refletem (na Criação) as perfeições do Criador. https://www.pliniocorreadeoliveira.info/RCR_010703_orgulho_sensualidade.htm

* * *

       “Leão XIII, em alocução ao patriciado e à nobreza de Roma, afirmou peremptoriamente que a distinção das classes é providencial condição da vida social. E não é este o único pronunciamento de Leão XIII sobre o assunto, mesmo porque outros Papas se manifestaram, repetidamente, no mesmo sentido.

             “É tão grande o número de documentos pontifícios que, direta ou indiretamente, inculcam e defendem a constituição hierárquica da sociedade, contra o ideal nivelador da Revolução, que com eles se poderia fazer uma bela, utilíssima e atualíssima antologia, densa do mais autêntico e verdadeiro senso católico.

            “Uma sociedade nivelada será uma sociedade inorgânica, um conjunto de indivíduos impessoais, simples números no total coletivo; nesta sociedade não haverá Autoridade, mas todo o Poder estará reunido nas mãos de um só autocrata. Todos serão iguais: todos igualmente escravos”.

https://www.pliniocorreadeoliveira.info/novidades.asp#.XR5n5ehKguU

* * *

        Meio século depois o Prof. Plinio realiza esse desejo manifestado em 1943: — “se poderia fazer uma bela, utilíssima e atualíssima antologia, densa do mais autêntico e verdadeiro senso católico” — escrevendo “Nobreza e elites tradicionais análogas”. 

Baixe o livro gratuitamente aqui: https://www.pliniocorreadeoliveira.info/livros/1993%20-%20Nobreza%20-%20Parte%20I.pdf

Deixe uma resposta