20 DE MAIO

1880: – Falece no Rio de Janeiro Ana Nery, primeira enfermeira brasileira, que serviu como voluntária na Guerra do Paraguai em 1865, acompanhando dois de seus filhos, oficiais do Exército. Como enfermeira, prestou serviços ininterruptos nos hospitais militares de Salto, Corrientes, Humaitá e Assunção. Viu morrer um de seus filhos em combate.

Perplexidade: Enquanto se pede perdão pelos “erros” da Igreja Católica se cumprimenta sem recriminações ao assassino de um povo.

1980: – Na China comunista, um milhão de manifestantes resiste à lei marcial na Praça de Tiananmen, com todos os acessos cortados por carros blindados. É imposto o blackout noticioso.

1989: – Na Assembleia Ecumênica de Basileia, João Paulo II afirma: “Causamos conflitos”, e se penitencia pelo fato de a Igreja ter aceito e justificado guerras.

2017: – O grupo terrorista Estado Islâmico executa 19 civis, entre os quais duas crianças, numa aldeia da província síria de Deir Ezzor (Este) detida por forças ‘antijihadistas’.

Deixe uma resposta