Efemérides – 23/09

0
O primeiro ministro britânico Neville Chamberlain, logo após retornar das conferências sobre o Acordo de Munique, tendo em mãos os tratados do Acordo.
Chamberlain e o ditador nazista da Alemanha Adolf Hitler, no início dos debates do Acordo.
O primeiro ministro britânico Chamberlain junto de Benito Mussolini, ditador italiano, durante as negociações do Acordo de Munique.

1938: – Início das negociações sobre o Acordo de Munique, entre Reino Unido, França, Alemanha nazista e Itália. Em resposta, o exército da Tchecoslováquia é mobilizado. O Acordo será assinado em 29 de setembro.

– Morre neste dia o psiquiatra austríaco Sigmund Freud, fundador da ateia e controvertida Psicanálise (nascido em 1856).

1964: – Universitários de Cruzada, que fundariam a TFP argentina, interpelam os deputados democrata-cristãos: Projeto pedecista de reforma empresarial é anticristão e conduz ao socialismo. 462 universitários se solidarizam com Cruzada.

1973: – Na Argentina, Juan Domingo Perón, que foi presidente constitucional do país entre 1946 e 1955 e fora proscrito pelo golpe de Estado que o derrubou naquele ano, é eleito Presidente com 62% dos votos.

2015: – O governo colombiano e as FARC (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) reunidos em Havana, anunciam um acordo considerado decisivo para a paz entre as partes. Não desejado pela maioria dos colombianos, ele foi totalmente favorável ao grupo terrorista.

Deixe uma resposta