Armas-de-brinquedoAté algum tempo atrás podíamos ver meninos correndo de um lado para o outro numa brincadeira sadia e divertida. No mais das vezes eram heróis perseguindo bandidos para fazer justiça. Ao som de bang-bang e para-papá, nas mentes infantis ia se formando a noção do certo e do errado, além do direito de se defender do mal e de puni-lo.

Outros eram os tempos em que brinquedos inocentes como bonecos de cowboys, cavaleiros e soldados, espadas, cavalos e “armas” eram os mais desejados pelos pequenos, e, ganhá-los meritoriamente através do bom comportamento e das boas notas na escola deixava pais e filhos felizes.

Num país de maioria católica como o nosso, nunca passou pela cabeça de sacerdote ou bispo algum condenar tal brincadeira, pois a consciência católica se matinha tranquila em face desse antigo costume. Mas a mentalidade moderna inverteu o que até então servia de modelo para as crianças.

Armar-de-brinquedo-2-150x150No lugar de heróis perseguindo o mal, deparamo-nos com brinquedos monstruosos para fazer o papel de heróis, sem nenhum predicado moral dos antigos cavaleiros e cowboys. A propaganda e a TV se encarregam de impor aos jovens brinquedos que misturam sensualidade e monstruosidade, removendo assim a noção do bem, do belo e do feio juntamente com a inocência e a pureza.

Basta visitar alguma loja de brinquedos para ver como muitas bonecas se parecem mais com

mulheres públicas, e como muitos brinquedos provocam mais medo que os antigos filmes de terror.  Mais uma vez, procura-se apagar a noção natural de defesa, seja de si mesmo, da família ou da nação.

A antipática proibição da venda de armas de brinquedo – aliás, ignorando o sonoro NÃO sufragado em referendo sobre o desarmamento – acarretará um verdadeiro vácuo na formação da mentalidade dos novos brasileiros, que se concretizará numa incapacidade de se defender dos bandidos.

A propaganda e a TV se encarregam de impor aos jovens brinquedos que misturam sensualidade e monstruosidade
A propaganda e a TV se encarregam de impor aos jovens brinquedos que misturam sensualidade e monstruosidade

A quem aproveita isso senão aos próprios bandidos? Nossos filhos estão crescendo num mundo onde roubar e matar tornou-se corriqueiro, e todos estão instruídos a não reagir diante da perda da carteira e até da ameaça de perder a vida. Será que a proibição no Distrito Federal da venda de armas de brinquedo atende aos anseios da população?

Ao visitar algumas lojas de brinquedos antes do dia das crianças, pude comprovar que os mais destacados nas prateleiras – e os mais procurados pelos pais – eram justamente as “armas”… Quererá o governo petista nos impor mais esta despótica política?

Caso afirmativo, só os bandidos lucrarão, pois nossos filhos e netos serão formados segundo a mentalidade de que roubar e matar é a coisa mais fácil do mundo, uma vez que as pessoas estão preparadas para não reagir e ver seus bens ou suas vidas se escoarem vilmente sem a menor resistência. No que isso difere de uma escravidão?

Não corrompam nossas crianças através da “Ideologia de Gênero”

A Ação Jovem do IPCO está promovendo uma campanha nacional de abaixo-assinados que serão enviados para o Presidente Michel Temer pedindo a exclusão da satânica "Ideologia de Gênero" da Base Nacional Comum Curricular - BNCC.

Clique aqui e assine já!

 
COMPARTILHAR
Artigo anteriorGrupo de Proteção da Infância e Adolescência se manifesta contra a “Lei da Palmada”
Próximo artigoBicho vale mais do que gente?
Marcos Luiz Garcia

Conheceu o Professor Plinio Corrêa de Oliveira e tornou-se seu discípulo em 1967, com 14 anos, aderindo à TFP. Atualmente continua ininterruptamente sua atuação contra-revolucionária colaborando de forma integral com o IPCO. Especializou-se em coleta de fundos, ações de mailing e contatos com o público. Escreve artigos para a Agencia Boa Imprensa e é autor do livro Fátima a Grande Esperança divulgado no Brasil, na Argentina, na Colômbia e no Peru. Por fim, orienta e coordena campanhas da Associação Devotos de Fátima.

9 COMENTÁRIOS

  1. Então eu vou deixar que uma criança brinque com arma ou espada de brinquedo, porque um dia Jesus disse a Pedro para que guardasse a espada e não que a descartasse. Primeiro Pedro é um homem adulto, segundo Jesus prega o amor e o perdão não a violência mesmo quando você recebe um tapa você deverá dar o outro lado para que batam. Eu sou contra a comercialização de armas e espadas de brinquedo e totalmente contra esse texto baseado numa época que não condiz com a que vivemos, hoje vivemos numa sociedade onde crianças entram em escolas com armas e assassinam seus próprios colegas.A violência não vem só das minorias, essa opressão que vocês de classe mais alta praticam é uma forma de violência bem pior. Não vou incentivar uma criança a usar uma arma para que um dia ela possa se defender dos “ladrões pobres”,a bíblia está completamente certa quando diz “QUEM VIVE DAS ARMAS MORRERÁ POR ELAS”.

     
  2. Na minha infância eu brinquei com bonecos representativos de cabowys e tive revolver de espoleta parecido com um de verdade e nunca tive vontade de sair por aí matando alguém. Pelo contrario sempre entendi que revolver de brinquedo era para acabar com a violência dos que faziam violência contra os fracos. Esta história de que ter um revolver de brinquedo incentiva a violência infantil é pura mentira descarada.

     
  3. È engraçado prá não dizer triste, este site IPCO tenta nos abrir os olhos para as coisas que acontecem debaixo de nossos olhos e a gente nem se dá conta, nos mostra as soluções sem impor que aceitemos, ainda tem gente que se sente ofendido, ainda acha ruim, que coisa!

     
  4. Isso é mais uma das diretrizes comunistas, cuja essência está impregnado o (des)governo e boa parte dos “pulíticos” que lhes dá a base de sustentação.
    Mas, como tudo na vida tem um princípio, um meio e um fim, já podemos perceber que tanto o (des)governo como essa base que o sustenta está começando a ruir.
    Graças a Deus!!

     
  5. Na qualidade de ex-aluno de um curso de FILOSOFIA, ouso pensar que, os governantes atuais favorecem as “minorias”, pois, elas assemelham-se aos “partidos”, ou seja, são frações e não inteiros, assim, muitas minorias se tornam muitos partidos e mantém os elementos no poder. Basta analisar a política adotada em muitas nações.
    Pretender que dirigentes como esses busquem EDUCAR BEM e para o BEM, já é alucinação, pois para eles o PODER é tudo. Aqui na “TERRINHA” ouve-se dizer:
    – É O PUUUUDDDEEERRRRR !!!! É O PUUUUUDDDDEEEERRRR !!!!
    Acrescente-se a “isso” a nociva mídia, os brinquedos eletrônicos (que
    brincam de se matar sózinhos, e mantém a criança sentada inerte, apenas apertando botões), as inúmeras tentativas de destruir CRISTO e as famílias, os fracassados métodos pedagógicos e o resultado é a néo- sociedade, a “aldeia-global”, a inversão total de valores, a corrupção, etc., etc., etc.
    CONSIDERANDO-SE O MOMENTO EM QUE VIVEMOS, O LIVRO APOCALÍPSE E O MOVIMENTO “NEW ORDER WORLD”, POSSO NOVAMENTE PARAFRASEAR UM EX- PRIMEIRO MINISTRO BRITÂNICO QUE DISSE:
    -” O COMUNISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, O CREDO DA IGNORÂNCIA E O
    EVANGELHO DA INVEJA. SUA VIRTUDE É A DISTRIBUIÇÃO DA MISÉRIA”.
    (WWINSTON CHURCHILL – 1.874 – 1.965)”.
    PAZ E BEM À TODOS.

     
  6. Vejam bem. Nosso Senhor não mandou que São Pedro jogasse a espada fora mas sim que a guardasse… Poderia precisar dela um dia…
    E a passagem em que Nosso Senhor diz que o céu só se conquista com violência?… Claro que não é qualquer violência mas sim a violência contra o pecado, contra a desordem e tudo o mais. Tanto quanto as Sagradas Escrituras é o Bom Senso que nos ensina isto. Encontra-se no estado atual este mundo pela inversão de valores, os que defendem o bem são cada vez mais cerceados, os que defendem o mal cada vez mais com foros de cidadania… Acuda-nos Deus…

     
  7. Eles bem armados e truculentos, sádicos e sem nenhum tipo de escrúpulo, bem treinados para fazer bem a sua nefasta maldade e destruição de valores e tradições banalizando a morte e todo tipo de violência ;por isto é que as Nações todas tem de acordar e colocar um freio enérgico nesses meliantes respondendo a altura como cavaleiros reais e guardiões da Familia,Patria e Nação o Brasil ainda tem esses cavaleiros,então ao trabalho Srs.!!

     
  8. Existem muitas coisas que prejudicam as crianças, como a televisão imoral e violenta, a sensualidade desbragada nas modas e nos costumes. Um brinquedo que mostra a luta entre Bem e Mal não é tão prejudicial assim.

     
  9. Chego até a acreditar de que Jesus estava errado quando proibiu a Pedro, seu apóstolo, de usar a espada contra os soldados romanos. Chego até a acreditar que a BÍBLIA está errada quando diz que “QUEM VIVE DAS ARMAS MORRERÁ POR ELAS”.
    Não desejo que esta INSTITUIÇÃO opine sobre o meu pensamento, pois não me interessa sua opinião, conheço-os muito bem e sei das suas intenções subterfúgiadas no catolicismo.

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome