Milhões de franceses estão estupefatos pela notícia segundo a qual o jogador brasileiro Neymar teria sido transferido do clube de futebol Barcelona para o Paris St-Gemain pela astronômica quantia de 220 milhões de euros. No momento em que escrevo, um euro vale 3,6907 reais em câmbio oficial. O leitor faça as contas… Assim, Neymar estaria recebendo um euro por segundo… É razoável?

Os torcedores (em sua maioria bobôs parisienses e imigrantes do Oriente Médio e Norte da África) exultam e já sonham com um Paris St-Gemain campeão da Europa, graças ao dinheiro do Qatar.

 Leio na página web Boulevard Voltaire que o clube espanhol vendedor é patrocinado pelo Emirado do Qatar, que é também proprietário do clube francês… E que esse pequeno país do petróleo seria acusado, inclusive pela Arábia Saudita, de financiar o terrorismo islâmico mundial! Assim, os promotores da alegria dos estádios seriam também os responsáveis pelos atentados que enlutaram Paris, Nice e outros lugares.

Algum leitor me objetará que é incoerente. Mas alguém já viu coerência na religião muçulmana? Eu só vejo uma, e vem do inferno: eles querem a todo custo submeter o mundo, ainda que este se afogue num mar de sangue. E nessa ânsia de domínio, já os vejo esgueirar-se também no Brasil, onde já se instalaram num quisto formado na tríplice fronteira (Argentina e Paraguai), onde podem movimentar-se à vontade num território já dominado por máfias que dispõem de armas de guerra.

Pessimismo? – O futuro responderá.

Não sou contra o futebol nem outro esporte. Mas vejo que, no Brasil, ele recebe uma publicidade e assume um fanatismo que mata muitas qualidades potenciais em milhões de brasileiros, desviando-as para uma torcida que tira de suas mentes qualquer coisa um pouco mais séria. Assim, um povo inteligente deixa de se aplicar às coisas importantes para entregar-se exclusivamente a esse prazer frustrante que é a torcida. E torna-se cobaia dos espertalhões, que o conduzem pelo nariz. E nesta última operação entra em cena a classe política.

Há tantas formas agradáveis e saudáveis de divertir-se. Por que entregar-se a um esporte que é visivelmente manipulado para encobrir ações escusas, por exemplo, no campo da política e da administração pública? Desculpem-me, meus compatriotas. Não seria mais interessante cultivar flores, escalar montanhas ou contemplar as ondas do mar, do que aquele frenesi de marcar ou não um gol?

O que mais me preocupa é que isso seja feito para emburrecer um dos povos mais inteligentes da terra…

1 COMENTÁRIO

  1. EVIDENTE, QUE NEYMAR ESTÁ SENDO, REGIAMENTE PAGO USADO PARA DOPAR AS MULTIDÕES – E ESSA ESTRATEGIA FUNCIONA!
    Nos dias de futebol em que os times estão melhor colocados, vêm-se hordas de torcedores pelas ruas, cada qual mostrando a qual das facções “teológicas” pertence, qual partido mais idolatra e qual seu deus mais preferido, em geral mostrando seus nomes em imensas letras estampadas e até fotos desses vendidos ao Islãimundo, para doparem as multidões!
    Temos aí o caso do dopping Neymar: enquanto os ratos do poder nesses momentos, aproveitam dessa distrações que seduzem as multidões, propiciam-se-lhes oportunidades de ação, assim como doutros festejos que eles mesmos patrocinam para montarem seus planos sinistros, bem se tendo certeza que a midia no presente é usada para ludibriar e processar lavagem cerebral nos incautos, funcionando como para dopping e pervertendo as multidões, hoje em dia funciona muito mais que um exército poderoso querendo á força se impor!
    Mais que sabido é que o Alcorão é um livro terrorista, onde os maometanos tiram suas inspirações e crenças aprendidas sob coação desde a infancia sem poder o questionar, doutrinados a se acharem que são raça superior, quem não pertencer à facção é penetra e esses devem serem convertidos à força a essa ideologia totalitarista travestida de religião ou exterminados, sem comiseração, “ordem” da deusa lua Alah, “religião” essa mantida à força pelos governantes para seus clãs sempre se sucederem no poder, portanto, grupos de mafiosos, oportunistas e ndranghetas!
    ALGUMAS SURATRAS DESSA RELIGIÃO DE “PAZ”!
    Sabei que aqueles que contrariam Alá e seu mensageiro(Maomé) serão exterminados, como o foram os seus antepassados; por isso Nós lhes enviamos lúcidos versículos e, aqueles que os negarem, sofrerão um afrontoso castigo.” Alcorão, Surata 58,5.
    Ó fiéis, não tomeis por amigos os judeus nem os cristãos; que sejam amigos entre si. Porém, quem dentre vós os tomar por amigos, certamente será um deles; e Alá não encaminha os iníquos. Alcorão, Surata 5,51.
    “O castigo, para aqueles que lutam contra Alá e contra o seu mensageiro e semeiam a corrupção na terra, é que sejam mortos, ou crucificados, ou lhes seja decepada a mão e o pé opostos, ou banidos. Tal será, para eles, um aviltamento nesse mundo e, no outro, sofrerão um severo castigo.”
    Alcorão, Surata 5,33.
    “E combatei-os até terminar a perseguição e prevalecer a religião² de Alá. Porém, se desistirem, não haverá mais hostilidades, senão contra os iníquos.” ALcorão, Surata 2,193.
    E mais muitas dezenas de preceitos que fazem das pessoas escravos de ditadores!

    !

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome