IPCO participou do 10º Congresso Conservador na Polônia

No ensolarado dia 5 de outubro, nas belas dependências do castelo Real de Niepolomice, em Cracóvia (Polônia), por iniciativa da Associação pela Cultura Cristã Padre Piotr Skarga, realizou-se o 10º Congresso Conservador, sob o interessante tema: Os católicos na viragem da História.

IPCO Polonia

O evento reuniu aproximadamente 200 pessoas provenientes de vários pontos do país. Considerando a crescente desorientação reinante nos meios católicos diante da avassaladora crise de valores e de princípios que atualmente presenciamos, compreende-se o interesse que a temática despertou entre os participantes.

Abriu o congresso Slawomir Olejniczak, presidente da Associação Padre Piotr Skarga, fazendo um diagnóstico do atual estado da civilização ocidental.

Luis Dufaur representou o Instituto Plinio Corrêa de Oliveira no evento
Luis Dufaur representou o Instituto Plinio Corrêa de Oliveira no evento

A cargo do historiador Grzegorz Kucharczyk, professor do Instituto de História da Academia Polonesa de Ciências e da Universidade Adam Mickiewicz de Poznan, foi desenvolvida a temática A queda do Império Romano – analogias com nossos dias.

Guido Vignelli, da revista Radici Christiane (Itália), discorreu sobre o Apogeu da descristianização do mundo de hoje. Afirmou o conferencista que o processo revolucionário na Europa não teria obtido tanto sucesso se não contasse com a legislação da União Europeia. Para deter a crise atual é necessário realizar uma contra-revolução espiritual, moral e política. A primeira condição para isso é a recuperação, por parte da Igreja Católica, da posição que ela detinha no passado durante vários séculos.

Valdis Gristeins, conhecido colaborador de Catolicismo, desenvolveu o abrangente tema A visão católica da História. Afirmou o expositor que, contrariamente às tendências atuais — segundo as quais a Revelação é reduzida unicamente a uma coleção de informações históricas sujeitas a uma análise crítica — o católico deve considerar a História da humanidade segundo a perspectiva da Criação e da História da Salvação.

Por fim, Luis Dufaur, representando o Instituto Plinio Corrêa de Oliveira, encerrou a série de conferências discorrendo sobre a transcendente questão: A vitória virá por meio de Maria – catástrofe da civilização, chance do renascimento. O palestrante destacou a necessidade de nos voltarmos para a Virgem Santíssima nos momentos de cansaço e de dúvida, lembrando-nos de suas grandiosas promessas em Fátima.

Como nos anos anteriores, o evento foi encerrado com um belo concerto de música clássica e um solene e animado jantar. Alguns participantes só lamentaram que tenha sido de apenas um dia…

Fonte: Revista Catolicismo, Dezembro, 2013