No dia 2 de junho p.p., membros da Ação Jovem do Instituto Plinio Corrêa de Oliveira participaram de uma manifestação pacifica em desagravo pela bandeira do Brasil ter sido queimada por vândalos, crime que aconteceu na segunda-feira.  

O vídeo dos vândalos queimando a bandeira do Brasil pode ser visto aqui:

A manifestação do dia 2 foi convocada pelo ex-lutador de UFC, Wanderlei Silva, e contou com a presença de mais de 1500 pessoas. Ela teve inicio na praça 19 de dezembro e se deslocou para a praça Nossa Senhora de La Salette.

 

Os participantes levavam uma bandeira grande do Brasil e cantavam o hino nacional, além de bradarem palavras contrárias ao comunismo e em defesa da polícia:

“A nossa bandeira jamais será vermelha”

“Fora comunismo” e “Fora anarquia”

No dia anterior, os vândalos tinham gritado palavras contra a polícia: “Não acabou, tem que acabar, tem que acabar com a polícia militar”. Mas ontem se ouvia outro brado: “Não acabou, não vai acabar, estamos juntos com a polícia militar”.

Durante o trajeto, era possível ver vários pontos da cidade que foram vandalizados na segunda-feira. O ato terminou na Praça Nossa Senhora de La Salette, com os presentes rezando o Pai Nosso.

Imagem de Nossa Senhora de La Salette que se encontra na praça

Deixe uma resposta