A notícia que reproduzimos abaixo fala por si só não demandando maiores comentários. Os leitores que nos acompanham conhecem perfeitamente bem os princípios que animam as esquerdas aboletadas ao poder no Brasil e, por isso, entendem que a estes importam os fins e não os meios.

Na matéria, o fato notável é que os propagandistas do programa Mais Médicos silenciem e esforcem-se em ocultar do público a real “atividade que será desempenhada por 20 consultores internacionais e outros 20 especialistas” cubanos, por quê?

Será, acaso, que os “médicos” cubanos necessitam ser vigiados?

A recusa ao pedido do ministro revisor, José Jorge de Vasconcelos Lima, que havia solicitado que o Ministério da Saúde apresentasse ao TCU informações sobre o contrato entre a Organização Pan-Americana de Saúde e o governo de Cuba parece sem fundamento, uma vez que o Brasil é país membro da Opas e realiza contribuições.

Deixo ao leitor outras considerações mais instigantes que a notícia sugere, como por exemplo, é licito oferecer dinheiro para um regime comunista sustentar-se?

Eis a íntegra da matéria:

TCU vê ilegalidade no Programa Mais Médicos

Tribunal pede que ministério explique pagamento antecipado à Opas, além de método de remuneração e forma de prestar contas e cobrar metas

11 de dezembro de 2013 – Lígia Formenti

O Tribunal de Contas da União (TCU) avalia que o Programa Mais Médicos contrariou a lei e deu prazo de 15 dias para o Ministério da Saúde prestar esclarecimentos. Os ministros querem saber por que o governo decidiu pagar antecipadamente os serviços da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas).

Na votação desta terça-feira, o TCU lista ainda uma série de questões a serem esclarecidas no contrato firmado entre a Opas e governo brasileiro para recrutamento de profissionais de Cuba. Entre as dúvidas está, por exemplo, a atividade que será desempenhada por 20 consultores internacionais e outros 20 especializados. Os salários desses profissionais estão estimados em R$ 25 mil.

O TCU questiona, também, se o ministério usou o teto da remuneração do Mais Médicos como base de cálculo. A lei que criou o programa prevê bolsa que varia entre R$ 10 mil e R$ 30 mil, de acordo com a região de atuação dos profissionais. Mas, pelo cálculo feito por auditores com base no valor total do contrato, a referência usada na prática teria sido única: R$ 30 mil.

Ministros querem saber também quais critérios serão usados para a prestação de contas da Opas e quais medidas serão adotadas em caso de não cumprimento das metas. O relatório aprovado ainda prevê recomendação para que Ministério da Saúde e Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão incluam o Mais Médicos no Plano Plurianual e criem uma rubrica específica no orçamento.

Nesta terça, os ministros decidiram encaminhar ao Procurador-geral do Trabalho a auditoria sobre o programa. A equipe técnica identificou tratamento diferenciado a médicos formados no Brasil e intercambistas. No entanto, os ministros concordaram que o assunto não é de competência do tribunal.

A aprovação do relatório não foi unânime. O ministro revisor, José Jorge de Vasconcelos Lima, havia solicitado que o Ministério da Saúde apresentasse ao TCU informações sobre o contrato entre a Organização Pan-Americana de Saúde e o governo de Cuba. O pedido foi rebatido pelo relator, o ministro Benjamin Zymler, sob a justificativa de que a Opas poderia alegar imunidade. “Temos de saber como o dinheiro será gasto. É preciso ter o máximo de informações”, disse Vasconcelos.

O relator, por sua vez, defendeu que o ministério merecia “um crédito de confiança”. Vasconcelos havia pedido também a supressão de artigo do acordo firmado entre o Ministério da Saúde e a Opas que permite a prestação de contas de forma mais simplificada. “A prestação sem documentação não é prestação. É só um papel, é um jornal de ontem”, disse. Também nesse ponto, foi voto vencido.

Governo. O acordo foi firmado em agosto. Nele, a Opas se comprometeu a contratar 4 mil profissionais cubanos. Esse recrutamento, por sua vez, será feito mediante outro contrato, firmado entre Opas e Cuba.

Em nota, o Ministério da Saúde informa que está prestando todas as informações ao TCU. Afirma ainda que o modelo do acordo de cooperação tem padrão semelhante ao do adotado em outros 60 países.

Fonte: http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,tcu-ve-ilegalidade-no-programa-mais-medicos-,1106932,0.htm#conteudo

Não corrompam nossas crianças através da “Ideologia de Gênero”

A Ação Jovem do IPCO está promovendo uma campanha nacional de abaixo-assinados que serão enviados para o Presidente Michel Temer pedindo a exclusão da satânica "Ideologia de Gênero" da Base Nacional Comum Curricular - BNCC.

Clique aqui e assine já!

 

16 COMENTÁRIOS

  1. Humberto de Luna Freire Filho,

    Este programa Mais médicos é a maneira que o PT encontrou para devolver aos Castros o dinheiro que eles mandaram para financiar os bandidos (Dilma, Dirceu, Jenoino e etc) que, nos anos 70, disseminaram o terror em nosso pais.
    Graças aos militares essa cambada foi derrotada. Mas graças ao ignorante povo brasileiro, estes mesmos bandidos estão de volta, agora assaltando os cofres públicos.

     
  2. Esse programa “Mais Médicos ” não passa de mais uma jogo sujo da MEGAQUADRILHA. Parte do dinheiro pago para Fidel Castro, volta para o caixa do PT financiar a campanha do terceiro poste para governador de São Paulo. Em tempo:sou médico.

     
  3. Esse programa Mais Médicos é um embuste. Por trás disso tem muita sujeira. É só investigar com isenção e seriedade. Mas o tempo dirá a que vieram esses “médicos”…

     
  4. Apregoa-se por aí, que a maçonaria é uma entidade filantrópica e que só age de forma correta, honesta e pela liberdade. Pergunta-se, porque ela está de conluio com essa corja toda, uma vez que o presidente do PMDB e vice-presidente do país é MAÇON?
    Das duas uma, ou a maçonaria não é o que se fala ou ela age de acordo com o que é melhor para seus membros, não se importando os meios utilizados.

     
  5. Ilegalidade é pouca coisa para essa corja no poder. O que importa é o fim. Qualquer meio vale, não tendo relevância seu grau de ilegalidade.

     
  6. Essas pessoas do governo não têm compromisso com a verdadeira democracia. Nenhum deles merece confiança de nossa parte. Só há uma coisa que os amedronta: o voto consciente da população. No entanto, pergunta-se: Quem recebe bolsas de algum tipo porventura deixaria de votar pela reeleição? Acredito que ainda não deram o golpe final por causa da opinião internacional.

     
  7. Ainda ontem a Presidente estava fazendo um pronunciamento no qual ela dizia que o programa mais médicos já conta com mais de 6.000 médicos e que estão sendo atendidas 24 milhões de pessoas.
    Ora meus amigos, o governo que está aí instalado só fala em milhões e bilhões ações honestas nunca aparecem, números são fáceis de colocar no papel, é como dizia um ex-comentarista esportivo, “na teoria a prática é outra”.
    A falta de respeito por parte desse desgoverno é tanta, que nós homens de bem, e não homens de bens (dinheiro duvidoso),ficamos perplexos com tamanha cara de pau dos membros do PT e seus aliados, PMDB, PDT, PCdoB, etc.
    Estamos precisando sair às ruas novamente, mesmo porque é um ano eleitoral e precisamos novamente mudar a cara do Brasil.
    ACORDA BRASIL, NÃO FIQUE DEITADO EM BERÇO ESPLÊNDIDO ETERNAMENTE.

     
  8. Pois é. Mais “MISTÉRIOS”!!! O verdadeiro BEM da notícia é o fato do
    S.T.F. estar levantando as questões legais do contrato com a O.P.A.S.
    e AUDITORIA estar sendo realizada. ESTRANHO é a mídia NÃO divulgar a
    notícia como deveria.

    FELIZ 2.014 à todos,

    PAZ E BEM.

     
  9. Como são caras-de-pau essa trupe do governo celebrar um acordo com essa obscura Opas que prevendo uma prestação de contas de SIMPLIFICADA !? A argumentação do ministro revisor do TCU ainda tentou defender o nosso suado dinheiro dos impostos afirmando que “A prestação sem documentação não é prestação. É só um papel, é um jornal de ontem” era para ter seu veto aclamado por qualquer brasileiro sério mas foi voto vencido até entre seus pares! Acho que o Brasil não tem mais jeito mesmo, seguem os canalhas ideológicos mandando nosso dinheiro para aquela ilha cárcere quebrada financeiramente como qualquer outro país que se aventurou ao marxismo. É da mais fina hipocrisia falar mal do Capitalismo e sair gastando as riquezas que somente ele é capaz de produzir.

     
  10. Essa contratação de médicos para trabalharem em regime de escravidão em nosso País é o equivalente a um golpe de Estado, porque solapa a autoridade soberana do nosso País e se impõe uma autoridade ditatorial de acordo com os caprichos de grupos particulares interessados.
    É UMA OFENSA GROSSEIRA À NOSSA SOBERANIA NACIONAL E UM ATAQUE DIRETO A TODA A NAÇÃO.
    Diante de tamanha agressão à nossa Constituição e a omissão do Congresso e do Judiciário que falham em tomar as devidas providências para salvaguardar a ordem e o respeito às nossas leis maiores, cabe às nossa Forças Armadas a obrigação de intervir, derrubar esse governo usurpador e proclamar novas eleições com outros partidos e impedindo a participação de todos os políticos ou não, mas que já se encontram hoje atuando em função desse Governo ditatorial, ou alguma forma, em função do mesmo governo, seja na política ou no serviço público em geral. Digo daqueles que são partícipes diretos no serviço de destruição da nossa Pátria Brasileira.

     
  11. Sou funcionária pública e vejo esse absurdo rotineiramente… Todos os contratos firmados com a OPAS são “obscuros”, são uma maneira mais fácil de se viabilizar os “projetos”, pois não são fiscalizados pelo governo, como é o caso dos projetos financiados pelo MPOG.
    Para se ter uma idéia, a OPAS não fornece prestação de contas dos serviços “gerenciados” pela organização, e seus funcionários são impedidos de fornecer dados relacionados aos orçamentos de forma escrita, (não podem mandar um e-mail)…
    Para mim, fica claro que estas organizações que pregam agir por altruísmo tem objetivos outros e que dançam conforme a música de governos corruptos e corrompidos pela ideologia comunista…
    Vergonhoso…

     
  12. …Estão colocando a carreta na frente dos bois … O tiro vai sair pela culatra … Porém, há males que vêm para o bem … Esses ‘ médicos ‘ , na verdade, são guerrilheiros com formação em primeiros socorros …

     
  13. V CRÊ EM ENTES HUMANOS CUJA ÉTICA É O OPORTUNISMO?
    Além de serem satanistas, detestarem a Igreja católica em especial, com os discursos insólitos estão aí, lembrando Hitler que na sua época atribuía aos judeus a crise na economia e a Dilma acusa os médicos.
    Quando os comunistas não têm um inimigo para acusarem, eles o fabricam, sendo que DILMA e associados são mestres na arte de trapacear!
    Mas a verdade sempre vem à tona!
    “Mais médicos” é a enganação para pobre achar que recebe saúde,
    enquanto enviam falsos-médicos, mal preparados e mal formados – acredita-se que sejam até guerrilheiros disfarçados de médicos – Dilma, Padilha, Genoíno e todos os PeTistas se consultam no Hospital Sírio-Libanês e passam longe de cubanos, caribenhos, argentinos, etc., e muito mais do SUS.
    Bem verdade que seriam culpados de estarem no poder varios religiosos calados ou coniventes – apenas uma meia dúzia os confronta – e os eleitores que se vendem ao PT por bolsas e acreditam nesses satanistas, dando-lhes a coleira para depois colocarem em seus pescoços.
    O comunismo e seus males seriam castigos pela apostasia dos cristãos, o mais provável.

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome