Não corrompam nossas crianças através da “Ideologia de Gênero”

A Ação Jovem do IPCO está promovendo uma campanha nacional de abaixo-assinados que serão enviados para o Presidente Michel Temer pedindo a exclusão da satânica "Ideologia de Gênero" da Base Nacional Comum Curricular - BNCC.

Clique aqui e assine já!

Essa imagem, considerada do ponto do vista artístico, é do estilo dito sulpiciano, mas tem muitíssimo mais expressão do que as imagens sulpicianas comuns. Essa expressão se nota pela coerência de seu conjunto.

Sua face está um pouco voltada para frente, mas não inteiramente ereta. Num gesto muito delicado, está como quem atende e olha alguém a seus pés. Olhar voltado para baixo com muita solicitude, preocupação e delicadeza de sentimentos em ouvir a prece que lhe está sendo feita. Mas com tanta vontade de atender, que se diria que a imagem está deitando ouvidos a quem está rezando e, mais do que com os olhos abertos, está com o coração aberto para receber os pedidos.

Ao mesmo tempo em que a imagem olha para a terra, ela reza para o Céu. Suas mãos estão postas em oração num gesto muito suave, expressando uma súplica confiante. Esse gesto desperta a ideia de oração, mas também um pouco, a ideia de aflição. A aflição e a oração estão conjugadas em algo triste. Apesar de parecer sorrir para a pessoa que ela atende, tem uma atitude de profunda tristeza.

Dir-se-ia “uma imagem virginal”, devido à manifestação de uma candura, suavidade, ternura e pureza de uma virgem absolutamente imaculada.

A coroa é de uma Rainha, mas, tirando-a, estaria perfeitamente bem. Representa Nossa Senhora coroada como Rainha, porém, com a simplicidade da mais amena das pessoas — oposição maravilhosa entre misericórdia e grandeza real.

A imagem comove. Tenho a impressão de que seu olhar me penetra profundamente e que ela opera em mim transmitindo uma paz tristonha, mas tranquila, decidida e varonil, que me incentiva à dedicação e à luta.

____________  

Estes comentários, sem revisão do autor, foram extraídos de conferência proferida pelo Prof. Plinio Corrêa de Oliveira em 27 de abril de 1973. Eles se referem à Imagem Peregrina internacional de Nossa Senhora de Fátima, que verteu lágrimas 14 vezes, em julho de 1972, na cidade americana de Nova Orleans.

Não corrompam nossas crianças através da “Ideologia de Gênero”

A Ação Jovem do IPCO está promovendo uma campanha nacional de abaixo-assinados que serão enviados para o Presidente Michel Temer pedindo a exclusão da satânica "Ideologia de Gênero" da Base Nacional Comum Curricular - BNCC.

Clique aqui e assine já!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorEm 800 edições, Catolicismo jamais fugiu à luta
Próximo artigoExemplo ucraniano inspira resistência venezuelana
Plinio Corrêa de Oliveira
Homem de fé, de pensamento, de luta e de ação, Plinio Corrêa de Oliveira (1908-1995) foi o fundador da TFP brasileira. Nele se inspiraram diversas organizações em dezenas de países, nos cinco continentes, principalmente as Associações em Defesa da Tradição, Família e Propriedade (TFP), que formam hoje a mais vasta rede de associações de inspiração católica dedicadas a combater o processo revolucionário que investe contra a Civilização Cristã. Ao longo de quase todo o século XX, Plinio Corrêa de Oliveira defendeu o Papado, a Igreja e o Ocidente Cristão contra os totalitarismos nazista e comunista, contra a influência deletéria do "american way of life", contra o processo de "autodemolição" da Igreja e tantas outras tentativas de destruição da Civilização Cristã. Considerado um dos maiores pensadores católicos da atualidade, foi descrito pelo renomado professor italiano Roberto de Mattei como o "Cruzado do Século XX".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome