Os inimigos da família estão gritando contra o futuro Ministro da Educação, Prof. Ricardo Vélez Rodríguez, recentemente indicado para o cargo.

Em contrapartida, pais, mães e brasileiros de todas as localidades e vertentes vêem a nomeação com ânimo e esperança.

Ânimo e esperança, pois vêem nas afirmações do novo Ministro, a indicação de um rumo para o futuro de nossas crianças: o respeito à família e aos princípios caros à sociedade brasileira, majoritariamente cristã e conservadora.

Com efeito, o Prof. Ricardo Rodríguez rechaça “a instrumentalização ideológica da educação em aras de um socialismo vácuo”. E rejeita veementemente a ideologia de Gênero.

É essa verdadeira praga socialista e “de Gênero” que desejamos ver estirpada dos bancos escolares.

Os signatários desta mensagem fazem votos de que, uma vez no cargo, o novo Ministro leve adiante essa Política, com “P” maiúsculo, tão essencial para os rumos da educação no Brasil.

Os brasileiros estarão com olhos atentos e esperançosos para sua importante missão. Conte, pois, com nosso apoio para essa árdua tarefa.

Assine você também a mensagem que será levada ao Ministro da Educação por ocasião de sua posse!

Clique aqui e assine já!

Entenda

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, foi coerente e nomeou para dirigir um Ministério-chave na luta pelos Valores Morais, um defensor da família, o Prof. Ricardo Vélez Rodriguez.

Poucos dias após a nomeação, o Prof. Ricardo Vélez divulgou uma carta em que se compromete em fazer uma gestão focada nos valores tradicionais e na preservação da família.

“Pretendo colocar a gestão da Educação e a elaboração de normas no contexto da preservação de valores caros à sociedade brasileira, que, na sua essência, é conservadora e avessa a experiências que pretendem passar por cima de valores tradicionais ligados à preservação da família.”

Agora, nós precisamos agradecer a Deus e a Virgem Aparecida por todas essas circunstâncias. Não quer dizer que todos vão cumprir o que prometeram, mas pelo menos há boas esperanças, algumas indicações de bons rumos.

E, é claro, dizer que não podemos baixar a guarda, pois os inimigos da família estão mais mobilizados que nunca!

Que eles saibam que nós também estamos!

Assine já essa petição!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here