Segundo informa a Folha de São Paulo (11 de abril de 2011), apesar da grande maioria do povo ter dito não ao desarmamento, o governo irá antecipar a campanha deste ano e pretende convocar novo referendo.

O ministro da justiça, José Eduardo Cardozo, confirmou que irá antecipar para maio a campanha do desarmamento. A mesma estava programada para junho ou julho deste ano, mas o governo decidiu antecipá-la devido à tragédia na escola do bairro do Realengo, RJ.

Vamos convidar várias entidades e iremos definir o funcionamento da campanha“, disse Cardozo. E entre as organizações participarão a OAB, a CNBB, a Rede Desarma Brasil e o CNJ (Conselho Nacional de Justiça). Da parte do governo irão participar representantes da Secretaria de Direitos Humanos e do Ministério da Defesa.

Segundo o ministro, nas três campanhas anteriores, foram colhidas cerca de 500 mil armas brancas e de fogo, desta vez o recolhimento das armas durará até o fim do ano.

Já o presidente do Senado, José Sarney, disse que vai apresentar uma proposta da realização de um novo referendo sobre o desarmamento. “Rui Barbosa já dizia que só quem não muda são as pedras ou do bem para o mal e do mal para o pior. Nesse caso, estamos mudando do mal para o bem“, disse ele.

Sarney chegou a ponto de defender a revogação do Estatuto do Desarmamento, que decidiu pela manutenção da venda de armas no Brasil após o referendo de 2005.

No dia 23 de outubro de 2005, a imensa maioria dos brasileiros disse NÃO ao desarmamento do cidadão honesto. Não houve um estado em que o SIM prevaleceu. Isso demonstra que o povo brasileiro não quer ser desarmado. Demonstra que o povo brasileiro não é um bando de hipócritas que acredita que o bandido irá entregar sua arma.

Aliás, casos como o que ocorreu em Realengo irão se multiplicar não só nas escolas, mas também em shoppings, parques, e até em nossas casas. Afinal não sejamos ingênuos de achar que o delinquente que cometeu aquele crime tinha uma arma legalizada.

Mas o senhor Ministro da Justiça e seus seguidores acham que os bandidos, no fundo, são bonzinhos e que basta dizer a eles: “Por favor, senhor bandido, queira entregar sua arma!” e tudo está resolvido.

9 COMENTÁRIOS

  1. Quando toda mídia se cala, tapa a boca daqueles que deveriam bradar nas manchetes dos grandes jornais, dos canais de televisões, na internet… E passa destacar os homens compromissado com a inverdade, o desmando, a sua própria opinião cedimentada nos interesses contrários a necessidade do povo. É triste e lamentoso.
    Todos nós sabemos, que a finalidade deste desarmamento é, desarmar o cidadão de bem e como conseguência; armar o bandido.
    Será que que não tem ninguém deste brasileiro que comandam a nossa nação, que possa ver isso? Será que eles não estão acompanhando nos noticiários o armamento pesado dos bandido? Como pode? Um chefe de família, para defender o seu lar, não pode ter um revolver. O bandido estão aí com armamento pesado para fazer o mal.
    Mas o remédio para tantos males, está no berço. Precisamos educar as nossas crianças no caminho dos mandamentos da lei de Deus e da Santa Igreja. Aí sim! se tranformarmos os corações das crianças, dos jovens no amor e temor de Deus. Eles passarão irradiar para toda a sociedade; aquilo que eles trazem dentro de si.
    A multidão de leis, pode ficar redizida, o policiamento; ficarão com pouca atividade, as cadeias sobrarão vagas, as ruas as pessoas caminharão com tranquilidade. Se tivermos Deus no nosso coração. O resto tudo será bem feito.
    JOELSON RIBEIRO RAMOS.

  2. O DIREITO PRIMORDIAL DO SER HUMANO É COM RESPEITO A SUA AUTODEFESA, PORTANTO……. SEJAMOS ARMADOS E TENHAMOS SEGURANÇA, JÁ QUE: EDUCAÇÃO, SAUDE E SEGURANÇA É POR CONTA DO MEU BOLSO. PAGO E ESCOLHO A MINHA EDUCAÇÃO, PAGO E ESCOLHO A MINHA SAUDE E, PORTAMTO, PAGO E ESCOLHO A MINHA SEGURANÇA!!!!!!

  3. Ironias a parte, o Alexandre Garcia abriu um seu artigo no Jornal do Tocantins, com DESARMAR A MENTE. Aproitemos essa ideia para desrmar nossas crianças,a dolescentes e jovens com jogos na internet que trazem violencias e mais violencias. Haja vista que o tal Wellingtom se alimentou mentalmente do atentado em 11 de setembro. E a cada vez que comentam na TV esse fato, lá vem as imagens daquele dia, as vezes reforçados pelas falas dos reporteres. Aproveitando o ensejo, as TVs, quer do Brasil quer do mundo inteiro, deixaram de ser culturais. Qualquer noticia imunda, ou que tenha fundo de violencia está substituindo toda cultura. Novelas que vem com mensagem “Contem cenas inadequadas até 14 anos”, se tem por que passam? Que adianta ofuscar imagens de menores em cenas de violencias e reportagens, se a TV está abrindo as portas para crianças e adolescentes, como no caso, no carnaval passado havia várias crianças entre adultos, mulheres com pouca roupa rebolando nos programass ao vivio, e homens sambando com as mulheres daquele jeito em cenas? Se a violencia de tais montas estão atingindo nossas escolas, onde professores apanham de alunos, professores perderam autoridade e perdem a cada dia mais, como foi o caso daquela menina que a diretora não diexou que entrasse em aula e os pais, indgnados, entraram na justiça contra a diretora? A Tv mostrou a menina vestida com a bermuda, mas não mostrou a cintura rebaixada da roupa que usava.

    VEJAM ISTO QUE EXTRAI DA INTERNET:

    MENSAGEM CRIATIVA DE UMA ESCOLA DA CALIFÓRNIA

    Esta é a mensagem que os professores de uma escola da Califórnia decidiram gravar na secretária eletrônica. A escola cobra responsabilidade dos alunos e dos pais perante as faltas e trabalhos de casa e, por isso, ela e os professores estão sendo processados por pais que querem que seus filhos sejam aprovados mesmo com muitas faltas e sem fazer os trabalhos escolares.

    Eis a mensagem gravada:

    – Olá! Para que possamos ajudá-lo, por favor, ouça todas as opções:

    – Para mentir sobre o motivo das faltas do seu filho – tecle 1.

    – Para dar uma desculpa por seu filho não ter feito o trabalho de casa – tecle 2.

    – Para se queixar sobre o que nós fazemos – tecle 3.

    – Para insultar os professores – tecle 4.

    – Para saber por que não foi informado sobre o que consta no boletim do seu filho ou em diversos documentos que lhe enviamos – tecle 5.

    – Se quiser que criemos o seu filho – tecle 6.

    – Se quiser agarrar, esbofetear ou agredir alguém – tecle 7.

    – Para pedir um professor novo pela terceira vez este ano – tecle 8.

    – Para se queixar do transporte escolar – tecle 9.

    – Para se queixar da alimentação fornecida pela escola – tecle 0.

    – Mas se você já compreendeu que este é um mundo real e que seu filho deve ser responsabilizado pelo próprio comportamento, pelo seu trabalho na aula, pelas tarefas de casa, e que a culpa da falta de esforço do seu filho não é culpa do professor, desligue e tenha um bom dia!”

    SE GOSTARAM DA IDÉIA, POR FAVOR DIVULGUEM TAMBÉM. E VAMOS PENSAR NA POSSIBILIDADE DE “DESARMAR A MENTE”

  4. Alguém já parou para refletir sobre a possibilidade da tragédia de Realengo ter sido minimizada SE um dos professore(as) estivesse armado(a) e conseguisse atirar no louco ANTES que ele atirasse tantas vezes? Querem usar o acontecido como pretexto para desarmar o Povo. Ao contrário, aqui cabe à perfeição o brado “AUX ARMES CITOYENS”! Não podem (as autoridades) desarmar os bandidos, então querem desarmar a população. Que lógica besta é essa??!! Não vamos dearmar os “Cem Suiços”; que nenhum de nós concorde em fazer o papel do fraco e infeliz Luís XVI !! Nós o Povo somos os “Cem Suiços” da atualidade. Nada de desarmamento! O que se pode e deve fazer é ensinar o Povo a manusear uma arma, nos quartéis de todo o Brasil, través exigências burocráticas mínimas, em serviço de relevância social, prestada gratuitamente aos cidadãos interessados. Dir-se-á que os maus vão tentar se aproveitar disso para proveito próprio. Corra-se o risco. Como está os maus já aprendem sózinhos, ou com outros maus elementos. E os bons, como ficam? Às autoridades, principalmente militares, para que reflitam! É como penso. Aécio Speck Neves (OAB/SC 5550)

  5. Já que este site está aberto a sugestões, faço uma: o sr. Ministro da Justiça juntamente com a dos Direitos Humanos montem uma barraquinha – sem seguranças – em morros “não pacificados” do Rio para solicitar gentilmente aos bandidos e traficantes entreguem seus fuzis AK-47, lança foguetes, pistolas, granadas que lhes entregarão em troca uma bala, de coco.

    P.S. Em tempo, as drogas podem ficar para que não haja protestos por parte do ex-ministro Mink e ex-presidente FHC e outros que tais que são favoráveis à legalização das drogas.

  6. Vamos fazer um referendo amigos e amigas, vamos exigir um tremendo referendo, esse referendo irá nos trazer uma evolução tremenda: vamos lutar para tomar as maiores armas que estão nas mãos de deputados, senadores, prefeitos, governadores, etc.: OS SEUS ALTOS SALÁRIOS E BENEFÍCIOS!Eles sim, ESTÃO ARMADO ATÉ OS DENTES!VAMOS TOMAR ESTAS ARMAS DELES E EXIGIR QUE ELES ENTREGUEM!ISSO É UM CRIME!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome