Um vírus voltado contra o Ocidente cristão? África, Oceania (modelos) sem lockdowns

2

Europa e Américas são os principais alvos do coronavírus. Ou seja, os países ocidentais e cristãos. Vejamos os números fornecidos por https://www.worldometers.info/coronavirus/

As Nações do chamado Primeiro Mundo estão no mesmo nível de eficácia — na luta contra o coronavírus — da América do Sul. Se compararmos os países, em separado, o Brasil ocupa o 22o. lugar; temos, pois, 21 países piores do que o nosso: Reino Unido, Espanha, Hungria, Bélgica, Itália, EUA, França, México, Peru entre outras Nações têm um desempenho inferior ao nosso.

Os três continentes Ásia, África, Oceania têm um desempenho na luta contra o covid-19 que é fator de humilhação para o Primeiro Mundo. Por que não os imitam? Qual o seu segredo? https://www.worldometers.info/coronavirus/

Uma homenagem à nossa classe médica

Nossa Midia se “esquece” do esforço da classe médica brasileira na luta contra o covid-19. Colocamos em destaque os numerosos profissionais de saúde, prefeitos, autoridades sanitárias que enfrentam a onda da esquerda prescrevendo o tratamento precoce. É de se notar que aos poucos a muralha midiática do “fique em casa” vai sendo derrubada.

África, Oceania com esse excelente desempenho em relação ao virus de Wuhan, sem lockdowns: por que a OMS, a midia, as esquerdas não procuram a razão desse sucesso e copiam? Ou o covid-19 é endereçado apenas aos Ocidentais e Cristãos?

Os Maestros internacionais (e nacionais) da Pandemia, do lockdown têm razões … que a razão e o bom senso ainda não conhecem. Só sabem aconselhar medidas socialistas de restrição, de cerceamento de liberdade, de toque de recolher, sobretudo de impedir a prática da Religião que é o mais sagrado dos direitos da pessoa humana.

Teoria da conspiração? Não, são números oficiais de sites confiáveis.

Nesse sentido, causa a maior estranheza ao público mineiro a declaração do prefeito de Belo Horizonte contra um sacerdote católico que “ousou” celebrar o Santo Sacrifício contrariando o seu ditatorial decreto. É como se estivéssemos numa Venezuela, ou Cuba onde Castro por várias vezes também alterou as festas de Natal e Ano Novo. São serviços “não essenciais” dizem os comunistas e ateus.

Nossos cumprimentos ao valoroso sacerdote.

Nossa Senhora Aparecida olhe com benignidade para esse Brasil tão amado da Divina Providência e tão perseguido pelas esquerdas (civis e eclesiásticas) e pela mídia.

2 COMENTÁRIOS

  1. Ainda há Santos pastores na minha Igreja, que alimentam as ovelhas e as protegem dos ataques dos lobos vorazes vestidos de políticos corrosivos, que só vem para roubar, matar e destruir o povo cristão.

Deixe uma resposta