Autor: Vincent Gorre

( Transcrito da Crusade Magazine  )

satanistas-sangue-natal
Satanistas em repulsivo ato de culto realizado na véspera do natal de 2015, que consistiu em despejar sangue teatral sobre uma imagem de Nossa Senhora, misturado com pó de enxofre e cinzas. O porta-voz do grupo sentiu-se ainda livre para expelir publicamente as seguintes palavras: “o sangue é para adicionar outra camada de corrupção a Maria, que é um emblema da Igreja Católica”.

Vê-se hoje, não só nos Estados Unidos, mas no mundo inteiro, um aumento de atividades satânicas de todo tipo. Até mesmo a grande mídia já não ignora o avanço do satanismo em nossa cultura, entretenimento e política, e em cultos públicos ao diabo em pessoa.

 O que não informam, no entanto, é que o verdadeiro alvo da revolução satânica é a destruição da Igreja Católica e dos valores e princípios que ela representa. Como revelou um ex-satanista em entrevista ao www.themediareport.com, “o satanismo tem a ver com o prazer e com a destruição da Igreja e da moral tradicional”.

Os ataques contra a Igreja Católica hoje em dia são múltiplos e variados. Com seus ensinamentos sobre casamento, contracepção, sexo, papel dos sexos, celibato sacerdotal e outros valores morais tradicionais, a Igreja se torna naturalmente o principal alvo dos promotores do domínio do maligno no mundo. Vejamos alguns exemplos.

Notícias sobre os escândalos de abuso sexual muitas vezes dão a idéia de que padres católicos são os únicos culpados de abuso sexual infantil. No entanto, pesquisas e estudos realizados por diferentes organizações abalizadas revelam que o problema é muito pior em outras confissões religiosas e instituições, tais como escolas. O filme “Spotlight”, ganhador de um prêmio Oscar, é um exemplo do persistente preconceito anti-católico de Hollywood. Ele glorifica o processo de investigação de abuso por parte de um padre católico, incluindo episódios que a própria imprensa revelou terem sido inventados.

Zombar de valores católicos se tornou uma atividade “na moda” em Hollywood. Um show da ABC-TV chamado “The Real O’Neals” retrata uma “família católica perfeita” como extremistas que “lidam com seu fanatismo anti-gay ao mesmo tempo em que roubam, mentem, atacam violentamente as pessoas e mantêm relações sexuais fora do casamento”. Outros programas tais como “Lúcifer”, “Law and Order: SVU” e “You, Me, and the Apocalypse” mostraram episódios com mensagens anticatólicas.

Missas negras são secretamente realizadas em todo o país regularmente. Uma missa negra com um ataque à Virgem Maria foi realizada em público, e pior ainda, com a aprovação das autoridades locais. A missa negra em Oklahoma City foi realizada em um edifício público com licença emitida pelas autoridades municipais. A profanação de uma imagem da Virgem Maria foi também autorizada e realizada diante de uma igreja católica na véspera do Natal. Os satanistas realizaram outra missa negra em público no dia 15 de agosto, festa da Assunção. Mera coincidência?

Pronunciamentos ambíguos de autoridades eclesiásticas estão sendo aproveitados e usados para promover agendas de esquerda. Os padrões estabelecidos pela Igreja Católica provem dos ensinamentos de seu Fundador, Nosso Senhor Jesus Cristo. Eles são continuamente atacados e desvirtuados por Seus inimigos. Portanto, qualquer sinal de afrouxamento ou potencial desvio nas doutrinas da Igreja torna-se imediatamente uma suculenta oportunidade para os que visam destruí-la. Infelizmente, muitas dessas iniciativas têm sido desencadeadas do interior da própria Igreja. Vêem-se políticos e celebridades do mundo todo correr ao Vaticano para ganhar a atenção da mídia e ganhar a publicidade e credibilidade que tanto necessitam para avançar suas causas revolucionárias.

Sendo a moral católica a base de uma sociedade justa e estável, não há dúvida de que Satanás e seus asseclas visam nada menos que a destruição da Igreja Católica e o que Ela representa. Porém, a esperança do futuro reside nos católicos fortes e fiéis que resistem intrepidamente contra os mais ferozes ataques do satanismo e de seus aliados. Temos à nossa disposição todo um arsenal de armas espirituais–o Santo Rosário, os sacramentais, os sacramentos — e somos protegidos por nossos anjos da guarda e santos padroeiros. E inspirados pela promessa de Nossa Senhora de Fátima, garantindo a vitória, já sabemos como a batalha vai terminar.

Mas a promessa mais reconfortante de todas é a que o próprio Cristo fez ao primeiro Papa: “E eu te declaro: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela” (Mateus 16,18).


(*) Tradução de José Aloisio Aranha Schelini