Não corrompam nossas crianças através da “Ideologia de Gênero”

A Ação Jovem do IPCO está promovendo uma campanha nacional de abaixo-assinados que serão enviados para o Presidente Michel Temer pedindo a exclusão da satânica "Ideologia de Gênero" da Base Nacional Comum Curricular - BNCC.

Clique aqui e assine já!

Militantes” do PT partem para a agressão física
Militantes do PT partem para a agressão física contra opositores. Para onde querem encaminhar o Brasil ao apoiar o caos e a agitação?

O Portal G1 noticia, em 19 de março p.p., a visita da Presidente Dilma ao assentamento do MST, em Eldorado do Sul, na Região Metropolitana de Porto Alegre, realizado na manhã de sexta-feira, dia 20.

A Chefe do Executivo cumpre agenda oficial, conforme a notícia, com sua presença nos assentamentos.

Algumas perguntas. Dilma terá em vista que tal encontro não contribui para a salvaguarda da própria imagem diante das enormes manifestações de 15 de março? Será que ela não percebe a temeridade das palavras do ex-presidente Lula ao mencionar o “exército do Stédile”, ou seja, o MST, em pronunciamento? Estará a senhora presidente se voltando também para o tal “exército” em busca de apoio? Contrariará ela a índole pacífica dos incontáveis brasileiros que saíram às ruas, se reunindo aos agitadores do MST?

E uma última pergunta.

A Presidente escolherá o lado da agitação e das ilegalidades, o lado do MST – o “exército” paralelo do Stédile -, aumentando assim o descontentamento de grande parte dos brasileiros?

Apoiar a agitação e o caos parece ser a resposta do governo às manifestações do dia 15 de março.

Não corrompam nossas crianças através da “Ideologia de Gênero”

A Ação Jovem do IPCO está promovendo uma campanha nacional de abaixo-assinados que serão enviados para o Presidente Michel Temer pedindo a exclusão da satânica "Ideologia de Gênero" da Base Nacional Comum Curricular - BNCC.

Clique aqui e assine já!

6 COMENTÁRIOS

  1. As peguntas do Sr. Paulo Américo não tem nada de ingenuidade, e nem falta de certezas… Elas foram formuladas de forma diplomática e embaraçosas. Eis ai um belo estilo de polemizar que pode parecer a alguns pouco compreensível. Este estilo não exclui a luta.

  2. Todas essas aparições da presidente Dilma, com certeza esta sendo bem acompanhada por autoridades constituídas de nossa segurança. Quaisquer atos de subversão são visto como terrorismo. Mas infelizmente temos que conviver com essa situação, em virtude de sermos governados por um partido de indefinição, que foi colocado no governo democraticamente. Vejamos, para o PT o que incomoda a eles, não presta. Vem o ex-presidente e partidários com arrogância falando em exercito do Stédile. No que é retrucado pelos generais, que declaram somente reconhecer o Exercito Brasileiro de Duque de Caxias. Não vejo esta discordância com bons olhos.

  3. Há um grau de ingenuidade ao formular perguntas sobre a conduta de Dilma. Só há certezas. Ela está do lado da subversão e dos caos desde que permaneça no governo junto com o PT, MST, UNE, e outros grupos ávidos de falsas lideranças políticas, mesmo que sejam formadas por corruptos, ladrões, traidores e mais outros elementos cujos valores humanos são depreciativos ou criminosos.

  4. O que eles fazem chamasse SUBVERSÃO !! as ações de cunho terrorista estão por toda parte, do “braço político” fracassado agora partem segundo as instruções “solidarias” estabelecidas pelo famigerado “foro de São Paulo” de arregimentar os parâmetros para as ações do “braço armado” que como já é bem conhecido em toda América Latina e foi colocado em prática já nos idos anos 70 por diversas organizações terroristas.
    Quando fracassam neste terreno e são derrotados também, partem para o “apelo jurídico” e a participação das Organizações de Direitos Humanos para “reparar suas baixas na verdade e justiça”, logicamente que nunca serão julgados pelas pessoas que eles assassinaram e os atentados diversos que sempre cometeram dizimando milhares de pessoas que em muitos casos ficaram vivas porém com sequelas irreparáveis. Isso aí não pode ser chamado de “exército” e sim de HORDAS TERRORISTAS E APÁTRIDAS.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome