Absurdos que poderão se repetir no Brasil se o petismo aprofunda sua agenda

    Policial preso por campesinos
    Policial preso por campesinos

    O mal-estar decorrente da desordem implantada pelo socialismo na China gera anualmente dezenas de milhares de protestos e motins populares.

    A mídia ocidental somente menciona a extensão e a gravidade do descontentamento popular. Porém, no blog “L’empire Weibo”, do jornal “Le Monde”, de Paris, encontramos uma exceção a essa regra.

    Trata-se de uma série de fotografias tiradas por camponeses revoltados pela expropriação de suas pequenas propriedades na região de Quanzhou, província de Fujian.

    Eles protestaram contra o confisco de suas terras. E receberam o que o socialismo proporciona àqueles que diz defender, mas que na realidade escraviza: a tropa de choque da polícia de cassetete na mão.

    Muito indignados pela injustiça praticada, os camponeses reagiram e até prenderam um soldado da tropa de choque, cujas mãos amarraram e por pouco não o espancaram.

    Os soldados acabaram fugindo e, uma vez acalmados os ânimos, os camponeses devolveram o agente são e salvo.

    O post relatando o acontecido foi um dos mais difundidos na imensa rede de micro blogs Weibo no mês de maio. E foi transmitido por Kong Zhiyong, responsável por uma fábrica de cerâmica.

    Ele informou que perto de mil aldeões repeliram com pedras a polícia de choque e as autoridades comunistas locais.

    Kong escreve: “A foto mostra um policial antidistúrbio nas mãos de uma camponesa que foi trocá-lo por 13 camponeses detidos”.
    Kong escreve: “A foto mostra um policial antidistúrbio nas mãos de uma camponesa que foi trocá-lo por 13 camponeses detidos”.

    Colhido de sites chineses antes da chegada da censura, postou-se também um vídeo amador mostrando os enfrentamentos da polícia com os populares.

    Esse grande número de motins populares acontece na China por causa de tentativas de confisco, malgrado nos últimos anos as autoridades comunistas terem prometido agir de modo a evitar os desmandos.

    Dizem que o diabo não dá o que promete.

    Os correligionários brasileiros dos socialistas chineses prometem dar terra aos sem-terra, aos índios, aos quilombolas, etc., etc.

    Mas quando assumem completamente o poder mandam a tropa expulsá-los de suas propriedades conquistadas com toda uma vida de trabalho familiar!!!