Com os ditadores marxistas:
troca de flores e sorrisos

A má fé esquerdista se torna patente na questão dos direitos humanos. Quando o então Ministro da Justiça de Lula, Tarso Genro, concedeu ao terrorista italiano Cesare Battisti o status de refugiado, o principal argumento foi o de que poderia sofrer torturas em seu país.

Mesmo sendo a Itália um país notoriamente democrático e respeitador das leis, nosso ministro resolveu correr o risco de criar um caso diplomático de grandes proporções.

Ou seja, o governo brasileiro preferiu proteger um guerrilheiro e criminoso comum (condenado pela justiça italiana por dois homicídios qualificados com sentença transitada em julgado) a manter relações amistosas com um país amigo.

Agora vejamos a outra face.

A ditadura cubana evidentemente desrespeita os mais elementares direitos de seus cidadãos. As prisões estão repletas de detentos que discordam do regime.

Fala-se em milhares de dissidentes padecendo nas precárias masmorras dos sinistros Castros.

O crime? Discordar da ideologia imposta pelo governo. Poucos países se comoveram – mormente o brasileiro – com a recente morte de William Villar, de 31 anos, depois de demorada greve de fome em protesto contra setentença que o condenou, após julgamento sumário, a quatro anos de prisão por suposto “desacato à autoridade” (leia-se: “discordar do regime”).

A esperança de tantos injustiçados – estes sim sofrendo agressão a seus direitos – era a presidente Dilma Rousseff, que inciou seu mandato proclamando que a política externa de seu governo seria marcada pela preocupação com a violação dos direitos humanos.

Entretanto tudo ruiu por terra quando seu Ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, disse em Davos (Suíça) que Dilma não trataria do assunto “presos políticos” em sua visita à ilha prisão. E justificou: os direitos humanos não são urgentes (sic!) e por isso não seria tratado em público.

Com os dissidentes: frio e indiferença
de morte. Na foto: Wiliam Vilar.

Mas não é só. Além de não contribuir em nada para a libertação dos presos políticos cubanos e não trabalhar para o estabelecimento de uma verdadeira democracia naquele país, Dilma levou em sua bagagem uma fartíssima cesta de benesses, tão custosa aos contribuintes brasileiros.

Entre elas, as duas últimas parcelas de US$ 380 milhões de financiamento da conclusão da reforma do Porto de Mariel, a 50 km de Havana. Razão alegada: favorecer o povo cubano.

Consequência: perpetuação de um governo ditatorial e sanguinário, desrespeitador dos mesmos direitos tão exigidos para o criminoso italiano.

Porém não nos esqueçamos de que corremos o risco de padecermos as mesmas agruras dos cubanos. Basta o governo brasileiro aplicar as regras consubstanciadas no Plano Nacional dos Direitos Humanos 3, assinado por Lula em seus últimos dias de governo e que Dilma não alterou uma vírgula sequer.

Pelo contrário, empenhou a secretária Maria do Rosário Nunes em avançar na sua total aplicação, a qual redundará em ditadura totalitária e anticristã.

“Direitos humanos, direitos humanos, quantos crimes são praticados em seu nome!”

13 COMENTÁRIOS

  1. Lamentavelmente estamos vivendo uma mentira administrativista porque todas as autoridades constituídas estão com a corda no pescoço pois todos são mansos como gatinhos que não tem voz ativa em nada pois caso tiver a nossa “digna”

  2. E aqui não é lugar para fazer publicidade de um livro mentiroso, escrito por alguém que não merece nenhuma credibilidade. Como se sabe, a divulgação de tal livro tem o objetivo de reforçar os partidos comunistas e favorecê-los em suas campanhas políticas.

  3. O ríspido e truculento Lula transformou-se no Lulinha “paz e Amor” para enganar o eleitorado brasisleiro que tem preguiça de pensar e vota por torcida. Deixou um rastro e um esquema de corrupção em nome da pseuda-governbilidade.
    Agora, a guerrilheira quer completar o projeto: banir a religião que eles afirmam ser o ópio do povo e dar guarida ao regimes caducos, autocráticos e calhordas, indo na contra-mão do desenvolvimento, da tolerância e quem sabe… da paz mundial. Se não vejamos o carinho com que eles tratam o regime do Irã…

  4. Sem comentarios.
    Mas,estou de acordo com a maioria aqui apresentada.
    Sou apolitico mas , da’ para perceber desonras de honras .
    Bons dias e noites para todos nos, vitimas dos algozes

  5. Mas quero dizer também que não concordo com tudo que a presidenta dilma faz! Sou contra todo tipo de ditadura seja POLITICA, OU RELIGIOSA! Nenhum regime politico sera perfeito; enquanto tem em seus GOVERNOS; pessoas que ignoram os DIREITOS DA LIDERDADE POLITICA-RELIGIOSA, E A LIBERDADE DE EXPRESSAO! ABOMINO, O COMUNISMO ANTI-CRISTAO! E não concordo com o neo liberalismo de FERNANDO HENRIQUE-JOSE SERRA! E só ver o que aconteceu no governo passado; veja o livro: “A PRIVATARIA TUCANA”!

    VIVA A DEMOCRACIA,
    A LIBERDADE POLITICO-RELIGIOSA
    E A LIBERDADE DE EXPRESSÃO!

    BOM DIA A TODOS!

  6. http://oleododiabo.blogspot.com/2009/01/itlia-deu-asilo-ao-cacciola-e.html

    16 de janeiro de 2009
    A Itália deu asilo ao Cacciola e aí?
    O Frei Betto lembrou bem: se a Itália quer tanto a cooperação brasileira, porque não extraditou o Cacciola? No mais: esses fascistazinhos ministros do Berlusconi, que estão fazendo escândalo, não fazem nem cócegas em ninguém. Na Itália, quem manda é só o Berlusconi. Se ele não falou nada, tá tudo bem. E se ele fosse contra a extradição do Battisti, aí é que o governo brasileiro tinha que dar asilo mesmo.

    O Sarkozy deu asilo a outra integrante do mesmo grupo do Battisti, e ninguém falou nada.

    Os leitores do Globo agora vieram em peso acusando o ministro de “deportar” os atletas cubanos. Claro, não lêem este blog. Se lessem saberiam que os atletas pediram pelo amor de Deus para voltarem à Cuba, para suas famílias. Explicaram que foram enganados pelo tal empresário alemão, um mafioso de terceira categoria especializado em aliciar atletas inocentes.

    COM TODO RESPEITO!

    Eu acho que vocês não vão publicar!
    Mas, um bom dia para voces!

  7. Eu estou tranquilo com minha consciência em DEUS. Primeiro porque não votei e não voto em partido que prega a perfeição, pois a perfeição é apenas DEUS. Muito embora que todos que estão no cenário político também não são lá essas coisas.Segundo que como pude descobrir que ela foi e provávelmente o é uma guerrilheira perigosa, como consta no arquivo policial. Não tenho dúvida que estamos num regime ditatorial, basta ver o que não acontece com os criminosos, ou seja, penas brandas demais, e o pior e muito mais ainda com os nossos políticos ladrões que nem sequer vão para cadeia e se o vão, entram pela porta da frente e saem pela de trás. Segundo a revista veja o ano de 2011 fechou com 85 bilhões de rombo pelos políticos no Brasil. Isso é o que sabemos, fora o que se fica debaixo do tapete no plenário. Preciso dizer mais alguma coisa.Agora vou dar um conselho ao povo que também sou eu: “Nós temos o governo que merecemos, muito embora não estou na maioria que votou, mais infelizmente eu e minnha assim como a sua família vamos pagar”. O Brasil ainda é o maior país CRISTÃO, mais esta perdendo muito, pois pessoas que se diziam CRISTÃ e não conheciam a doutrina da igreja, muito menos a vida dos santos, estão mudando de Igreja, digo Igreja porque religião são só três, igrejas qualquer homem abre a qualquer momento. “POVO BRASILEIRO, ACORDEM, VOCES ESTÃO SE DISTANCIANDO DE DEUS E O DESTINO DE VOCES É O NADA”

  8. Tem aqueles que se escondem atraz do mando de satanás,não tem coragem se manifestar. este é sem dúvida um novo começo do sistema comunista ateu!

  9. Artigo com coisas interessantes, mas evidentemente exagerado. Começa já com acusação de má fé. É puxado! Depois não é verdade que o Brasil cessou de ter relações amistosas com a Itália. Nunca ouvi falar em milhares de dissidentes presos em Cuba. Milhares? De onde saiu isso? Não é verdade que Dilma empenhou a Maria do Rosário para aplicar o tal de Pndh. A própria Rosário andou dizendo que o assunto não era prioritário. Esses exageros tiram força do artigo. Nem parece escrrito por um brasileiro!

  10. Lamentávelmente esta Repúbliqueta Federativa do Brasil é uma desonra para a humanidade em todos os sentidos. Esta atitude espúria desta Presidente, cujo passado criminoso é ligado a Cuba, demonstra sua vontade na prática do que poderá ocorrer em nossa Pátria Verde Amarela caso o inescrupuloso PNDH-3 vier a ser aprovado por um Congresso tão inescrupuloso quanto a própria Presidência. NÃO VAMOS ACEITAR DE FORMA ALGUMA NOSSA IDA PARA O MATADOURO DE FORMA PACÍFICA. VAMOS REAGIR SEMPRE CONTRA ESTE ASSINTE ATEISTA COMUNISTA defendido por uma Presidente de passado promíscuo e assassino.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome