Breves … chineses roubam propriedade intelectual bilionária, nos EUA

0

“Um terceiro ex-cientista da GlaxoSmithKline (GSK) se confessou culpado de roubar segredos comerciais para beneficiar a empresa farmacêutica Renopharma, que foi apoiada por fundos do regime chinês, anunciou o Departamento de Justiça (DOJ) em 3 de janeiro.”

Cientistas chineses, espiões, roubo de propriedade intelectual

Lucy Xi, 44, ex-residente de Malvern, Pensilvânia, é a quarta pessoa a se declarar culpada no esquema que também envolve os ex-cientistas da GSK Yu Xue e Tao Li, irmã de Yu Tian Xue, e Yan Mei, com quem Xi era casado.

De acordo com o DOJ, Xi e seus co-réus criaram a Renopharma em Nanjing, China, para pesquisar e desenvolver drogas anticâncer. Enquanto isso, os três também trabalharam nas instalações da fabricante de medicamentos britânica GSK em Upper Merion, Pensilvânia, onde desenvolveram produtos biofarmacêuticos.

Os promotores disseram que usaram seus cargos na empresa para roubar segredos comerciais de seu empregador em benefício da Renopharma, que recebeu apoio financeiro e subsídios do regime chinês.

Esses produtos normalmente custam mais de US $ 1 bilhão para pesquisar e desenvolver, disse a procuradora dos EUA Jennifer Arbittier Williams ao anunciar a confissão de culpa de Xi.

***

Métodos de comunistas para os quais não há Moral nem Lei: o PCCh acima de tudo. Nosso Site tem mostrado as sucessivas denúncias de suborno de professores e cientistas, em universidades americanas, feitos pelo PCCh. https://ipco.org.br/e-a-china-e-uma-potencia-aliciamento-suborno-espionagem-o-programa-mil-talentos/

Será que é somente nos EUA que os agentes do PCCh cometem esse tipo de crimes?

Brasil para brasileiros!

Fonte: https://www.theepochtimes.com/3rd-chinese-scientist-pleads-guilty-to-stealing-trade-secrets-from-drug-maker-glaxosmithkline_4190280.html?utm_source=uschinanoe&utm_campaign=uschina-2022-01-05&utm_medium=email

“Yu se declarou culpado em um tribunal federal na Pensilvânia de acusações de conspiração para roubar segredos comerciais da GSK em agosto de 2018, de acordo com uma declaração do DOJ de 2018. Tao se declarou culpado de acusações semelhantes no mês seguinte.”

Deixe uma resposta