Estamos vivendo numa época de contradições espantosas

Já estamos a menos de dois meses do final de 2011, e nesse período temos uma tendência a olhar para o passado, em pensar como foi o ano que se esvai, quais os principais acontecimentos, etc.

Era justamente o que estava fazendo, coletando algumas notícias deste ano, quando me deparei com uma nota minúscula de “O Estado de São Paulo” de 24 de fevereiro, da qual em absoluto não me lembrava.

Confesso que fiquei pasmo. Contei para os meus amigos e a reação foi a mesma. Que imensa contradição, dentre tantas outras, deste século XXI!

E apesar de tão grande contradição, a notinha do jornal, de 4 linhas apenas, não teve ao que parece, grandes repercussões.

O leitor quer saber logo do que estou falando? Pois vou lhe contar… Mas, por favor, prepare-se para o susto!

Uma pesquisa publicada no Journal of Personality and Social Psychology pela Universidade Case Western Reserve (EUA) chegou a conclusão que estudantes universitários ateus ou agnósticos blasfemam mais contra Deus Nosso Senhor do que aqueles que acreditam nEle.

“Sentem mais raiva”, no dizer da pesquisa, inclusive em questões pequenas como lesões em esportes ou reprovação em alguma matéria estudantil.

É o contrário daquele que acredita em Deus, ainda segundo a pesquisa, pois sabe que Ele tem boas intenções para si, mesmo não entendendo às vezes Suas intenções.

Tenho a impressão que todos devem ter feito a mesma pergunta que eu:

ORA BOLAS, SE NÃO ACREDITAM EM DEUS PORQUE TÊM RAIVA DELE E O CULPA PELOS INFORTÚNIOS QUE ACONTECE EM SUAS VIDAS??!!

Alguém teria uma explicação razoável para isso? Se tiver, por favor nos envie que publicaremos aqui com todo gosto.

E a ti, caro ateu, ao menos seja coerente!

12 COMENTÁRIOS

  1. @Orquídia
    O erro do cristao e ver o crstianismo como a 2000anos atras,acreditarque um percentual de ajuda e eterno,
    E nao por a luz o verdadeiro ensinamento,que eo amaivos uns aos outros,falasse emvolta do cristo outro
    Engodo,pois ele ja esta aqui em espirito,e o fim do mundoja aconteceu ,pois foi apenas fim de um ciclo,

    Agora e o despertar de uma nova consciencia,mais feliz,mais justa,e os quegostam desatisfazero ego como
    O hawking e outros que se julgam cultos,acabarao como seu big-bem!

    Resumindo os ateus acabarao como o big-ben bhum!

  2. @Syllabus
    O tal big ben ,algum ateu estava presente,ou apenas vao acreditar no que diz a mumia do hawking?
    Porque ele estudou? E porque nao encontrou a sua cura?,porque sua cura esta ao alcance de nos cristaos….
    Mas nao ao alcance dele que desencaminha os jovens!

  3. @Orquídia
    O ateu eh o maior cristao.porque raciocina ,nenhum evangelico sabe interpretar a frase de jesus: conhecereis
    A verdade e ela vos libertara,porque a verdade nao foi revelada devido nao ser a epoca adequada,e porque
    O cristiano eh solido um corpo sem espirito eh uma estatua,a verdade esta na mente humana,que domina
    O homem ,e nao posso revelar mais ,porque os tais ateus nao podem ter esse conhecimento…….e a mumia do hawking sera animada pelo cristo!

  4. Como provar para o ateu que ele eh que eh enganado senao mostrarmos aele?
    Jesus deixou de ser um mito , jesus e a realidade ,que em breve todos verao,com nitidez

  5. Todo cristao se esquece que estamos em2013,e que jesus e o mestre que devemos seguir,inteligentemente,
    Logo um percentual de 2000anos atras,tem que ser repensado,vcs estao fazendo pastores ficarem
    Milhionarios,e citados ate em revistas americanas que divulgam os brasileiros mais ricos,e tem muito
    Pastor…….oque devemos fazer e seguir estudar os ensinamentos do mestre,pois o mundo ja acabou,
    Pois ele quis dizer ciclo,e ele ja esta aqui conosco em espirito.todo ensinamento do mestre tem que ser
    Estudado seriamente oois e a verdade.
    Big-ben? Algum ateu estava la? Ou acreditam nas alopragens do hawking?

  6. Prezados,

    Perguntar onde está a coerência dos ateus é humilhação demais, não peguemos pesado com eles, as leis naturais são perfeitas, imutáveis e INDEPENDENTE da vontade humana, vemos isso claramente na biologia, quimica, física e matemática, esses pobres ateus não percebem que essas leis são transcendentes ao homem e a estes só cabem obedecer para manter a ordem.
    Essas leis vem de Deus que transcende ao homem e que pelas obras conhecemos o autor.

  7. Outro aspecto curioso a observar é que, normalmente os ateus sao superticiosos. Nao passam embaixo de escadas, usam amuletos, acreditam em forças de cristais, etc, etc, etc.
    E o Satanás cobra bem caro por tudo isto.

    Saudaçoes.

  8. Acredito que isto ocorre porque, a bem da verdade, no fundo no fundo, lá no íntimo dos seus corações eles não são ateu coisa nenhuma. Lhes falta a coragem necessária para assumirem suas crenças.
    Paz e Bem!!!
    Aldo Silva

  9. Penso que a explicação razoavel passa pela disciplina que Nosso Deus nos solicita. Como se comporta a pessoa disciplinada? A palavra de Deus nos disciplina, daí sermos discipulos Dele.

    Ontem, assistíamos a TV e passava um luta MMA. Minha esposa perguntou se os lutadores não se odiavam pelos socos que trocavam entre si. Disse que não: apesar da luta feroz eles são disciplinados e obedecem regras da luta. E que ao final da luta se abraçam e terminam com qualquer animosidade havida no combate.

    Tanto um ateu quanto um filho de Deus passa pelas mesmas situações dificeis da vida. Daí a estatística ter estabelecido os niveis da pesquisa. Os que acreditam apresentam certa conformidade com a Vontade de Deus, enquanto os ateus e agnósticos apresentam aversões, revoltas e blasfemias pelos resultados que os contrariaram.

    Quando deparo com pessoas que blasfemam, xingam por qualquer coisa, ofendem com facilidade, como já vi pessoas assim fazer até por força do hábito, procuro orientá-las de que assim fazendo estará atraindo o que pedem, porque as palavras tem força e poder.
    Tenho um amigo que chamava o filho de vagabundo. Mas ele proprio o é, pois não se firmava em trabalhos. No caso o filho apenas o imitava e acrescentava mais problemas para ele, pai. Não havia cooperação e obediencia do filho. Pelo contrário, mais desobediencia e agresssões verbais. Entrei em questão e fiz ver a eles que deveriam modificarem os tratamentos. Usei da terapia do abraço. Demorou, mas a coisa mudou. Há mais alegria e companheirismo entre eles, o menino voltou a estudar e apresenta melhor desempenho escolar e em casa é mais cooperativo.

    Passamos por situações dificeis, mas sempre à espera da hora de Deus. Não adiantava forçar, nem esbravejar, pelo contrário. Haverá alguma outra situação na qual Deus nos indica com certeza. Esperemos! Confiemos! Assim também um casamento, um trabalho que não dá certo. Sem Deus não tem como estar bem. “Sem mim nada podeis fazer”, mais do que Palavras do Senhor é uma pura realidade. Cada um de nós tem um talento a ser colocado a serviço dos demais. Os ateus também tem seus talentos natuais a ser colocado a serviço: a diferença está no amor com se faz o que se deve fazer.

    Dia desses vi umas fotografias de muçulmanos sacrificando animais (um carneiro, um camelo e um boi) baseando-se no sacrificio de Abraão, que sacrificou um cabrito ao invés do filho. Muitas vezes temos em nós que a missão que Deus nos confiou era a de sacrificar algum ser vivo, mas Ele mesmo nos apresenta um outra saida imediata, num momento extremo, como foi o caso de Abraão. Se Abraão não confiasse em Deus, talvez cego em sua descrença teria sacrificado o filho. E Deus não aceitou mais o sacrificio de animais. “Não quero o sacrifico, mas a misericórdia!”

  10. Realmente, o sujeito que se diz “ateu” nunca consegue fugir da noção da divindade. Em condições normais, o ateu presta adoração a falsos deuses, a deuses não declarados mas altamente cultuados por eles (o próprio ego, a ciência pela ciência – ou seja, como fim em si e não instrumento submetido à ética – etc., etc. etc.); já quando a coisa aperta, aí o ateu dirige-se ao Verdadeiro DEUS, mas para maldizer, blasfemar.

    Senhor, iluminai-os antes de tudo e, depois, convertei-os e abençoai-os. Amém.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome