Marine Le Pen

Enquanto os socialistas franceses sofrem as consequências de um escândalo sexual de seu ex-presidente, a extrema-direita faz forte campanha para conquistar votos nas eleições presidenciais de 2012.

Segundo Le Figarro (14/6/2011), a candidata Marine Le Pen declarou-se contrária ao casamento homossexual e contra a adoção de crianças pelos mesmos. (1)

“Nós somos filhos de uma civilização que fundou as regras de nossa sociedade. Isto é: o casamento se efetua entre um homem e uma mulher”, declarou Marine em entrevista ao France Inter. (2)

Marine Le Pen é candidata pelo partido Frente Nacional e, segundo pesquisa realizada no mês de maio de 2011 pelo instituto Harris Interactive, receberia 23% das intenções de votos no primeiro turno.

A “civilização” da qual a senhora Le Pen se refere – e não teve a coragem de falar claramente – é a civilização cristã que os laicistas europeus querem apagar da História de seu continente, mas cujos valores morais ainda possuem muito peso na hora do eleitor votar.

_____________

Referências

(1) http://www.lefigaro.fr/flash-actu/2011/06/14/97001-20110614FILWWW00434-le-pen-contre-le-mariage-gay.php – acessado em 14 de junho de 201.

(2) http://sites.radiofrance.fr/franceinter/em/sept-neuf/ – acessado em 14 de junho de 2011.

Não corrompam nossas crianças através da “Ideologia de Gênero”

A Ação Jovem do IPCO está promovendo uma campanha nacional de abaixo-assinados que serão enviados para o Presidente Michel Temer pedindo a exclusão da satânica "Ideologia de Gênero" da Base Nacional Comum Curricular - BNCC.

Clique aqui e assine já!

 

6 COMENTÁRIOS

  1. Moro na França jaz 5 anos e tenho uma ideia formada sobre Marine Le Pen. A senhora Le Pen não é atéia, mas dá indicios de que defende pelo menos a moral judaico-cristã. O que eu vejo (isso é minha opinião) é que ela só aproveita desse discurso politico para angariar votos. Ela não é inocente e sabe muito bem que esse é o discurso que brota do seio da sociedade francesa, assim que ja a vi falando sobre assuntos religiosos e não a sinto (veja que esta é minha opinião) um coração sincero e simpatico a religiao em geral.

     
  2. Marine Le Pen defende a educação, valores tradicionais de família. Mostra a “instituição familiar” tão defendida por muitos. Temos que defender nossas convicções religiosas, conceitos, valores de família, SIM.
    Os parlamentares da França votaram contra a união de homossexuais.
    O STF brasileiro adotou uma posição contrária ao Judiciário francês.
    Segundo nossa Constituição Federal – “todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza … o próprio “Direitos Humanos” que defende todos, que faz com que
    as pesssoas sejam acolhidas com respeito para evitar discriminação …
    Esse assunto sobre a “união entre homossexuais” causa polêmica, e diverge muito nas opiniões; principalmente, quando se refere à religião.
    Segundo pesquisas, “uma maioria de 55% dos brasileiros é contra a decisão do STF que
    autorizou a união estável entre pessoas do mesmo sexo. Mas o tema divide a população:
    52% das mulheres são a favor e 63% dos homens são contra. As opiniões variam muito em função da religião, idade e escolaridade.
    Entre os brasileiros do Norte e Nordeste, onde a renda e escolaridade são menores,
    60% são contra a união.
    Nada divide mais a opinião dos brasileiros sobre o assunto que a religião”.
    Quando se refere à adoção de crianças; logo, pensamos na união de um homem e uma mulher (paternidade/maternidade). É óbvio esse papela desempenhado por um pai e uma mãe.

     
  3. Prezado Teodoro Alves,

    No Judiciário francês a causa gay também perdeu. A França tem uma Constituição semelhante à nossa, que preceitua a união somente entre o homem e a mulher, e a corte constitucional francesa respeita a Constituição, ao contrário do stf brasileiro (assim mesmo, tudo com letras minúsculas), que se acha tão “moderno” e “avançado”, porém se tornou o quinto mundo do Judiciário mundial, um mero “clube lítero-poético”, como diz até mesmo um dos seus “ministros” – poesia do pior gosto e literatura de botequim.
    O stf é chamado de “guardião da Constituição”, o que na nossa realidade tem significado apenas uma coisa: a raposa cuidando do galinheiro.

     
  4. Os políticos são hábeis em detectar o sentimento público. Marie Le Pen não escapa disso e está de olho na opinião pública francesa que é em sua maioria contrária ao homossexualismo: vide a derrota recente no legislativo da causa homossexual.

     
  5. Este assunto servirá para desviar as atenções do Mundo com o que vai acontecer na nossa A. do Sul, que continua de marcha à ré. Aliás, a significativa queda da Petrobrás esta semana poderá ser o estopim. Quem é o responsável? Quanto custaram as instalações “cedidas” ao Hugo?

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome