Davi Tyree, astro de futebol e defensor da família tradicional

David Tyree

O ex-jogador e astro do New York Giants, pai de seis filhos, David Tyree, tornou-se um ativista em favor do casamento tradicional (leia-se entre um homem e uma mulher) durante a campanha do voto pelo “casamento homossexual” no estado de Nova York.

O posicionamento de David Tyree foi objeto de capas de revistas e reportagens. Sobretudo, por sua declaração firme e corajosa a favor do casamento tradicional e contrário ao “same-sex marriage” que suscitou muitos debates nos EUA fortalecendo a boa posição pelo casamento e pela família tradicional.

Num vídeo para a Organização Nacional pelo Casamento, Tyree disse: “Creio que não há nada mais honroso e merecedor de apoio, especialmente se nós realmente nos interessamos pelas gerações futuras. O casamento é uma dessas coisas que compõem a espinha dorsal da sociedade, de modo que se nós o redefinimos, ele mudará o modo pelo qual nós educamos nossas crianças. Irá mudar a percepção do que é bom o que é direito, o que é justo”.

Com respeito à educação por pais do mesmo sexo, Tyree acrescentou: “Não é possível ensinar algo que você não tem, de modo que dois homens nunca serão capazes de mostrar a uma menina como ser uma mulher”.

Seria muito interessante que os psicólogos aprendessem a lição de Davi Tyree e estudassem seriamente as repercussões sobre uma criança ou adolescente que fossem submetidos a uma educação antinatural – seja ela proveniente de dois homens ou duas mulheres.

O apoio de pessoas conhecidas como David Tyree fortalecem nossa posição que, como católicos, temos ainda a acrescentar as razões de ordem sobrenatural proveniente das Sagradas Escrituras e do Magistério da Igreja – que condenam energicamente a união de duas pessoas do mesmo sexo.