Diferença de idades entre irmãos estimula senso de hierarquia

Segundo os noruegueses Petter Kristensen e Tor Bjerkedal, da Universidade de Oslo, a ordem dos nascimentos determina uma hierarquia harmônica entre as crianças. O estudo analisou 240.000 crianças e concluiu que o fato de os irmãos maiores cuidarem dos menores “potencializa sua capacidade intelectual”.

Para o Dr. Luis Kancyper, da Asociación Psicológica Argentina (APA), o primogênito tem supremacia natural porque “deve preservar as tradições e ser exemplo de responsabilidade”. Os pais exigem menos dos filhos intermediários, disse a especialista Stacy De Broff, e por isso eles “adotam atitudes mais distendidas na vida” e são mais “voltados para a criatividade”. Os caçulas são os mais mimados e “por isso são os mais carinhosos”.

A desigualdade hierárquica se desenvolve natural e harmonicamente na família desde a mais tenra infância.

Fonte: Catolicismo, abril de 2011