01 de julho

1751: – Publica-se em Paris o primeiro tomo da Enciclopédia ou dicionário raciocinado das ciências, as artes e os ofícios.

1858: – A Teoria da Evolução, de Charles Darwin e Alfred Russel Wallace, é apresentada pela primeira vez, diante de um grupo de naturalistas, na Linnean Society of London.

1861: – É publicada a primeira edição do L’Osservatore Romano, no Vaticano.

1867: – O Canadá se torna parcialmente independente do Império Britânico.

1874: – Abre-se em Filadélfia o primeiro zoológico público.

1905: – Einstein publica sua teoria sobre a relatividade restrita.

1908: – O SOS é adotado como sinal de socorro internacional.

1916: – Durante a Grande Guerra de 1914-18, início da primeira batalha do Somme. Prolongar-se-á até 19 de novembro, causando centenas de milhares de mortos.

– Entra em vigor nos Estados Unidos a denominada Lei Seca, que proíbe a venda de bebidas alcoólicas.

1917: – Apoiado pelo Exército, PuYi, de 11 anos, se converte por segunda vez Imperador da China.

1921: – Fundação do Partido Comunista Chinês em Shanghai. O PC da China passou por momentos de dificuldades no início, e os seus primeiros passos foram orientados pelo Komintern (Internacional Comunista sediada em Moscou, que orientava os Partidos Comunistas do mundo inteiro).

1928: O esquerdista Obregón ganha a eleição presidencial no México, dando continuidade à política de perseguição à Igreja Católica.

1940: – Estabelece-se na França o “Governo de Vichy”, colaboracionista com os invasores alemães, e o marechal Pétain é proclamado chefe de Estado.

1944: – Começa a conferência de Bretton Woods, que levará à criação do Banco Mundial e do FMI.

1949: – Na Índia, os Estados monárquicos de Cochin e Travancore, se convertem no Estado Thiru-Kochi, que mais tarde se reorganizará como Estado de Kerala.

1962: – Referendo na Argélia. A independência é aprovada por 99,62 por cento dos eleitores. A proclamação decorrerá a 05 de julho, oito anos após o início da guerra pela autodeterminação.

O Prof. Plinio Corrêa de Oliveira discorrendo sobre o tema “A tradição e a continuidade familiar no projeto do Código Civil Brasileiro”

1966: – Conferência do Prof. Plinio Corrêa de Oliveira sobre “A continuidade familiar e a tradição no projeto de Código Civil Brasileiro“, na Federação do Comércio do Estado, SP.

1970: – Paulo VI recebe os líderes dos movimentos de libertação da Guiné-Bissau, Angola e Moçambique, Amílcar Cabral, Agostinho Neto e Marcelino dos Santos, respectivamente.

1972: – Tem lugar em Londres a primeira marcha do orgulho homossexual.

1991: – É nomeado pelo presidente George Bush o segundo juiz negro da Suprema Corte dos Estados Unidos, Clarence Thomas, 43 anos, ultraconservador republicano. O primeiro foi Thurgood Marshall, a quem ele sucedeu.

1991: – O Soviet Supremo da URSS aprova a lei sobre a privatização da propriedade.

1992: – O Prof. Plinio escreve, na Folha de São Paulo, o artigo “Os dedos do caos e os dedos de Deus“, sobre a conturbada situação nacional.

1997: – O Reino Unido entrega o controle de Hong Kong à China, depois de 155 de sua posse. A ex-colônia se converte em Região Administrativa Especial sob a soberania da China.

1999: – A rainha Elizabete II inaugura o primeiro Parlamento da Escócia em 300 anos.

2002: – Entra em vigência o Estatuto de Roma que cria a Corte Penal Internacional, que se estabelece para julgar indivíduos por genocídio, crimes de guerra e crimes de lesa humanidade.

2005: – Antônio Villaraigosa toma posse como prefeito de Los Angeles, convertendo-se no primeiro hispano à frente da cidade desde 1872.

2008: – Nelson Mandela, líder do combate anti-apartheid e ex-presidente sul-africano, é retirado, simultaneamente com o seu partido, das listas negras norte-americanas do terrorismo.

2011: – A justiça norte-americana decide libertar Dominique Strauss-Kahn, mas sem abandonar a acusação por crimes sexuais que lhe custou o cargo de diretor-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI).

Deixe uma resposta