05 de março

363: – O imperador romano Juliano, que passou para a História com o terrível cognome de “O Apóstata”, parte de Antioquia com um exército de 90 mil homens para atacar o Império Sassânida, numa campanha que ocasionaria a sua própria morte.

1770: – Em Boston, soldados britânicos contém um distúrbio, provocando a morte de cinco civis, no que ficou conhecido como o “Massacre de Boston”. O fato é considerado como o começo da luta pela independência dos Estados Unidos.

1796: – A pacificação da Vendée e da Bretanha marca o fim da insurreição católico-monarquista contra a diabólica Revolução Francesa.

1916: – No Brasil, afunda o barco espanhol Príncipe das Astúrias, com 338 passageiros e 107 tripulantes a bordo.

1933: – Na Alemanha, o Partido Nazista, vencendo nas eleições com 43.9% dos votos, consegue o maior número de lugares no Parlamento.

Cova e Mapa da localização da Floresta de Katyn onde os comunistas realizaram o crime ainda impune.

1940: – Em Moscou, o Politburo do Partido Comunista ordena a execução de 14.700 oficiais poloneses, no que foi chamado “o massacre do bosque de Katyn”.

1944: – Escrevendo no Legionário, o Prof. Plinio profetiza: “O problema muçulmano constituirá uma das mais graves questões religiosas do nosso tempo”.

1946: – Sir Winston Churchill, primeiro-ministro britânico, em um discurso em Fulton, nos Estados Unidos, adverte o Ocidente de que os soviéticos fizeram descer sobre a Europa uma “cortina de ferro”, fala em “guerra fria”, e chama a atenção para a política expansionista da URSS.

1953: – Falece o sanguinário Stalin, secretário geral da União Soviética, aos 73 anos, depois de 29 no poder.

1969: – A bordo do módulo lunar da cápsula apolo-9 é transmitida a primeira emissão televisionada procedente de uma nave espacial.

2000: – A TFP faz, com a participação de correspondentes e esclarecedores vindos para seu V Congresso, um ato público pelo V Centenário da descoberta do Brasil.

2013: – Morre em Caracas o ditador Hugo Chávez, homem símbolo do populismo bolivariano de orientação comunista da América Latina.

Deixe uma resposta