07 de setembro

Independência ou Morte, 1888. Pedro Américo, Museu Paulista.

 

1822: – O Brasil nasce como nação livre, com Dom Pedro I proclamando sua independência do reino de Portugal. Tendo as Cortes em Portugal exigido seu regresso imediato àquele país, ameaçando enviar tropas para o Brasil, D. Pedro, recebendo esta exigência neste dia quando se encontrava perto do riacho de Ipiranga, de imediato proclamou a independência do Brasil, sendo aclamado Imperador a 12 de Outubro, e coroado a 1 de dezembro.

1953: – Nikita Kruchev é nomeado 1º secretário do Partido Comunista da União Soviética, e passa a mandar nessa União.

1961: – João Goulart assume a Presidência da República sob o regime parlamentarista. Este foi adotado para pôr fim à grave crise política começada pela renúncia de Jânio Quadros. Ele seria deposto por um golpe militar, por sua política revolucionária.

1974: – Em carta, a TFP uruguaia, pede ao arcebispo de Montevidéu, Mons. Partelli, tão zeloso pelos direitos humanos dos terroristas, que se comova pela injusta proibição das atividades da TFP pelo governo do país.

1978: – A TFP publica a nota “Destemor não é radicalismo”, comunicando a suspensão de suas campanhas públicas durante o período pré-eleitoral, para evitar provocações no conturbado Brasil.

Deixe uma resposta