18 de julho

64: – O Grande incêndio de Roma, mandado fazer pelo maníaco Nero, devasta a maior parte da cidade eterna.

362: – O imperador pagão Juliano, o Apóstata, chega a Antioquia à frente de um exército de 60 mil homens, na guerra romano-persa. Durante uma batalha, ele foi ferido por uma lança desconhecida, e não resistiu ao ferimento. Morreu ao anoitecer do dia 26 de junho de 363, no sexto ano de seu reinado como césar, e aos 32 anos de idade, clamando, segundo a tradição: “Venceste, Galileu”.

1100: – Balduíno I é eleito reide Jerusalém pela morte de seu irmão,o heróico Godofredo de Bouillón.

1323: – Em Roma, o papa João XXII canoniza o gênio do cristianismo, Tomás de Aquino.

1536: – Henrique VIII anula a autoridade do Papa no domínio britânico, e assume o título de Cabeça da Igreja na Inglaterra.

1821: – Proclamação da anexação da chamada Banda Oriental (Uruguai) ao Brasil, com o nome de Província Cisplatina, como província do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves e, posteriormente, do Império do Brasil. Os argentinos reivindicavam-na como parte do antigo Vice-reinado da Prata. O Império do Brasil a mantinha como necessária para a defesa das províncias do Sul. A separação ocorreu em 1825, com a independência do território, que formou a República Oriental do Uruguai.

1866: – Combate de Boquerón entre paraguaios e tropas aliadas argentinas, uruguaias e brasileiras, havendo quase 6 mil baixas entre as forças combatentes.

Tiara do Beato Pio IX

1870: – Declaração da Infalibilidade Pontifícia durante o Concílio Vaticano convocado pelo Beato Pio IX. Colocada em discussão pela primeira vez no dia 13 de julho de 1870, quando ampla maioria dos padres conciliares (que tem o direito a voto) aceitaram a definição de infalibilidade. Na 4ª sessão pública, neste dia, a relação de padres conciliares favoráveis foi ainda maior, embora 57 deles, adversários da definição, tivessem viajado para seus locais de origem antes dessa sessão.

1925: – É publicado Mein Kampf, de Adolfo Hitler.

1936: – Na Espanha, parte do exército se levanta contra a Segunda República Espanhola em um golpe de Estado que desembocará na Guerra Civil. O general Franco comanda a sublevação em Ceuta, um dia depois da insurreição de Melilla contra o governo republicano. Juntam-se às forças das Ilhas Canárias.

1949: – O Governo nacionalista chinês se traslada para Taiwán, em Formosa.

1955: – É inaugurada a primeira Disneylândia do mundo.

1957: – Inaugura-se o Monumento aos Caídos de ambos os lados da Guerra Civil espanhola, quer dizer comunistas e não, no vale de Cuelgamuros, em Madri.

1961: – Cúpula Européia de Bad-Godesberg, na Alemanha, na qual os seis países da Comunidade Ecônomica européia se declaram favoráveis a uma futura união dos Estados membros.

1963: – O Prof. Plinio entrega na Câmara e no Senado o abaixo-assinado de vinte e sete mil fazendeiros contra a Reforma Agrária.

1977: – O Prof. Plínio envia também um telegrama ao Itamaraty congratulando-se com comandante do navio Frota Santos que recolheu 88 fugitivos vietnamitas.

1990: – O Iraque acusa o Kuwait de “roubar” petróleo iraquiano, desde 1980, e de ocupar parte do seu território, reclamando o reembolso de 2,4 mil milhões de dólares.

1991: – Primeira jornada da I Cúpula Ibero-americana, em Guadalajara, no México, que reúne 21 chefes de Estado e de Governo da Espanha, Portugal e países ibero-americanos.

– Mensagem do Prof. Plinio e das TFPs ao presidente de México, durante a I Cúpula Latinoamericana em Guadalajara, publicada por El Occidental, dessa cidade: NO a Fidel Castro na Cúpula Iberoamericana de México.

1994: – Explode um carro-bomba na sede de uma associação israelita de Buenos Aires, provocando a morte de 87 pessoas, um desaparecido e mais de 300 feridos.

1998: – É assinado o Tratado de Roma, que inaugura a Corte Penal Internacional.

2007: – A maior central nuclear do Japão, em Kashiwazaki, é encerrada dois dias depois do violento sismo que abalou a região, originando um incêndio e fugas radioativas.

– Ao tentar pousar no Aeroporto de Congonhas em São Paulo, o Vôo 3054 da TAM atravessa a pista e colide contra um prédio de cargas da empresa, matando 199 pessoas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here